Publicado 13 de Junho de 2021 - 7h35

Por Estadão Conteúdo

O Fluminense faz neste domingo, às 20h30, o terceiro jogo contra o Red Bull Bragantino em 11 dias. O time carioca eliminou o rival paulista da Copa do Brasil e agora revê o adversário pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. O plano é manter a invencibilidade no torneio e consolidar a boa fase na temporada.

O Fluminense estreou com um empate sem gols contra o São Paulo em que esteve mais perto do triunfo e na rodada seguinte ganhou do Cuiabá por 1 a 0. Com isso, soma quatro pontos e quer vencer mais outra para dar sequência ao momento positivo na temporada. A equipe de Roger Machado está nas oitavas da Copa do Brasil e também da Libertadores. O treinador não poderia estar mais feliz e crê que há margem para evolução.

"Estou muito entusiasmado com o começo, sobretudo com a compreensão dos atletas. Hoje eles compreendem o sistema, e isso faz com que possam tomar as melhores decisões", disse o técnico. "É só um início de trabalho. Há uma franca evolução no processo. Agora, tem onde evoluir", acrescentou. Pela desgastante maratona de jogos, é possível que o treinador poupe alguns atletas.

Roger poderá contar com o zagueiro Nino. O defensor desfalcou a equipe nas últimas três partidas porque serviu à seleção brasileira olímpica em amistosos na Sérvia. Nesse período, Manoel formou dupla com Luccas Claro e a retaguarda teve atuações seguras. Ainda assim, Nino é um dos principais atletas do elenco e retomará seu posto entre os titulares.

"É um grande parceiro, um grande companheiro. Acredito que, hoje, é o melhor zagueiro atuando no Brasil, então é importante ter a volta dele", disse Luccas Claro sobre o companheiro Nino.

Cazares, por sua vez, deve se ausentar mais uma vez. Convocado pela seleção equatoriana para duas rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, o meio-campista também não participou dos últimos três duelos do Fluminense, embora em dois deles tenham sido pela Copa do Brasil, competição em que ele não pode atuar por já ter entrado em campo pelo Corinthians.

Cazares não foi convocado para defender o Equador na Copa América, mas ganhou alguns dias de folga do clube para ver a família no seu país e só deve voltar à equipe contra o Santos, quinta-feira, no Maracanã.

O Bragantino reencontra o Fluminense três dias depois de ser eliminado da Copa do Brasil e com o desejo de dar o troco. O técnico Maurício Barbieri espera outro jogo equilibrado. "Os dois times se equivalem. Não fomos tão bem lá no Rio de Janeiro e perdemos, mas depois vencemos em casa. Saímos da Copa do Brasil, porém, temos que lutar por esta vitória no brasileiro", comentou o técnico.

Para este novo jogo, Maurício Barbieri tem as voltas do goleiro Cleiton e do meia Claudinho, que desfalcaram o Red Bull Bragantino nos últimos três jogos por estarem com a seleção olímpica. Assim, Júlio César e Cuello deixam o time titular.

Existe ainda a possibilidade de o treinador ganhar mais duas opções para o confronto. O zagueiro Fabrício Bruno e o lateral-esquerdo Edimar se recuperaram de lesões, mas ainda são dúvidas.

Escrito por:

Estadão Conteúdo