Publicado 09 de Junho de 2021 - 19h35

Por Estadão Conteúdo

Após espantar a zebra na Copa do Brasil, Hernán Crespo quer ver o São Paulo manter a confiança alta, no embalo do título do Paulistão, para repetir no Brasileirão as boas atuações do Estadual. Por isso, o treinador argentino se inspira na história vitoriosa do clube para estimular seus jogadores.

"É no presente que estamos escrevendo uma nova história. Acabou o Paulistão, agora iniciou outra história com um time que quer ser protagonista, que quer ser competitivo, que seguramente não promete ganhar títulos, mas, sim, ser competitivo, muito competitivo", projeta o treinador.

"O time vai dar tudo para chegar e alcançar o mais alto. Vamos fazer o melhor possível. Alcança? Não sei, mas vamos tentar. Sabemos que temos um time em constante evolução, desenvolvimento. A derrota na ida foi a situação ideal para lembrar e mostrar nossa personalidade. Lembrar que tudo isso nos fez ganhar o Paulistão", completa o argentino.

Crespo fez as declarações após novo susto na Copa do Brasil. Se na ida o São Paulo perdeu por 3 a 2 para o modesto 4 de Julho, do Piauí, na noite de terça o time saiu perdendo antes de buscar uma virada arrasadora, com goleada de 9 a 1 sobre o rival que disputa a Série D do Campeonato Brasileiro.

O tropeço na ida trouxe de volta ao torcedor o fantasma das eliminações precoces diante de times menores, algo recorrente nos últimos anos em diferentes competições. O técnico revela como afastou esse risco de zebra.

"Simplesmente pensando no presente. Eu falo sempre que a história do São Paulo é muito rica, e ela não é mérito desse elenco, assim como os momentos difíceis. Estamos escrevendo uma nova história", reforçou.

Seu objetivo agora é usar a goleada como motivação para uma reação no Campeonato Brasileiro. Após dois jogos, o São Paulo ainda não venceu na competição. Empatou com o Fluminense na estreia e perdeu do Atlético-GO no fim de semana passado. No domingo, contra o Atlético-MG, terá a chance de passar a escrever a nova história do time paulista no Brasileirão.

Escrito por:

Estadão Conteúdo