Publicado 09 de Junho de 2021 - 19h35

Por Estadão Conteúdo

De volta ao seu formato itinerante, a 34ª edição paulista da Casacor São Paulo estreia 2021 com nomes consagrados e jovens talentos da arquitetura e do design.

Dos 60 ambientes que irão integrar a mostra, dez dos revelados até agora são feitos por antigos parceiros da mostra mais importante de arquitetura, design e decoração. Leo Shehtman, por exemplo, participou de todas as edições paulistanas e de muitas outras no Brasil e no exterior. Em 2019, foi vencedor do Prêmio Casa Estadão na categoria Melhor Quarto da Casacor.

No mesmo ano, Nildo José, jovem profissional revelado na edição 2016 da Casacor São Paulo, também levou o prêmio Casa com a Melhor Sala. Neste ano, ele retorna com seu inconfundível estilo que resulta em projetos com uma linguagem internacional, mas com essência brasileira, em ambientes elegantes, jovens, vivos, dinâmicos e humanizados.

Outro talento que já marcou presença em outras edições, Paulo Azevedo promete mostrar um projeto que tem como característica principal referências étnicas e culturais, sem adotar fórmulas prontas em sua concepção. Fábio Galeazzo também está confirmado no elenco trazendo criatividade e inovação, que traduzem o design como uma ponte entre os sentidos e o mundo, tornando os espaços potencializadores da comunicação e transformadores do desenvolvimento humano.

Já a dupla Fabiana Silveira e Patrícia de Palma, do SP Estúdio, apostam em uma arquitetura que pode deixar a vida urbana mais leve, criando espaços internos que valorizam a experiência humana: o aconchego, a felicidade, a poesia.

Seguindo o tema A Casa Original, que promove uma série de reflexões, sobretudo pelo evidente desejo de retorno às origens, de buscar na ancestralidade e na simplicidade o necessário equilíbrio entre o passado e o futuro, os profissionais irão ocupar os mais de 9.000m² do novo espaço de eventos multiuso da América Latina, o Parque Mirante, no Allianz Parque. A inspiração para o conceito surgiu antes mesmo da pandemia, que trancou em casa a população mundial e impôs novas reflexões sobre o morar contemporâneo.

Espaços de Patrocinadores

A LG, parceira oficial de tecnologia, garante a presença do arquiteto e designer Guto Requena, que seguindo a linha do tema do ano, deve explorar design e tecnologias digitais de modo emocional, buscando um híbrido entre o analógico e o virtual.

Já a Deca, patrocinadora Master da Casacor, traz Leo Romano, que participa pela quinta vez da edição paulistana, sendo o único profissional a participar de todas as edições da mostra em Goiâna. Também fez parte do elenco de 14 edições da Casacor Brasília e da primeira Casacor Miami.

Melina Romano, que faz sua terceira participação na Casacor São Paulo, é a profissional escolhida pelas marcas Duratex/Durafloor para criar o ambiente da marca. Além da formação em design de interiores, Melina tem especialização em Mobiliário pela Accademia Italiana di Firenze, um diferencial importante para quem vai mostrar as nuances e possibilidade da madeira.

O escritório Très Arquitetura, fruto de uma parceria das sócias Fernanda Morais, Fernanda Tegacini e Nathalia Mouco, representam a Cerâmica Portinari, cujo lema é trazer ambientes com emoção para a mostra. E a Todeschini aposta em David Bastos para mostrar a inovação, evolução e tecnologia da marca.

O estreante da edição 2021 é o arquiteto paulistano José Ricardo Basiches, que irá transformar o ambiente da Coral, tinta oficial da mostra, em uma experiência surpreendente.

Estreia

A estreia da Casacor São Paulo está prevista para o segundo semestre deste ano, de setembro a novembro. Segundo a organização, o local de exibição estará preparado para obedecer aos protocolos sanitários e garantir a integridade física de todos nesse período de pandemia, seja durante a obra, a montagem, a visitação e a desmontagem do evento. Além disso, a mostra oferece a visitação digital, uma experiência completa e imersiva no universo de Casacor, que poderá ser acessado no site oficial.

Escrito por:

Estadão Conteúdo