Publicado 13 de Novembro de 2021 - 19h46

Por Agência Brasil

Rio abre neste fim de semana calendário de corridas de rua

Rio abre neste fim de semana calendário de corridas de rua

A Maratona do Rio vai voltar às ruas depois de ter sido interrompida por causa da pandemia. Em quatro provas diferentes, os corredores vão passar por cartões-postais da cidade como o Aterro do Flamengo, o centro da capital e a orla da zona sul. No domingo (14), ocorrerá a meia-maratona (21 km) em percurso que começa no bairro do Leblon e vai até o Aterro.

Na segunda-feira, será a vez de competirem na corrida de 5 km e na de 10 km com trajeto de saída e chegada no Aterro a partir das 9h. Antes disso, às 5h, já terá ocorrido a largada para a tradicional Maratona do Rio, de 42 km, que sai do Aterro do Flamengo em direção ao centro da cidade.

Os corredores vão passar por percurso histórico: Monumento dos Pracinhas, Praça 15, Museu do Amanhã, Boulevard Olímpico, AquaRio, Roda Gigante, Rua Primeiro de Março e Museu de Arte Moderna. Depois, seguem para Copacabana e Ipanema, fazendo a volta no final da praia do Leblon e retornando em direção ao Aterro. Antes de chegar lá, ainda passam pelo bairro do Leme.

Neste ano, a largada foi adiantada para as 5h, contando com postos de hidratação instalados a cada três quilômetros.

Calendário

A Meia Maratona e a Maratona do Rio abrem o calendário das provas de rua no Rio, após longo período de pandemia. São as primeiras corridas a receberem autorização oficial da Confederação Brasileira de Atletismo, em 2021, que concedeu selo prata para a primeira e selo ouro para a segunda.

Segundo a entidade, o medalhista olímpico Arnaldo de Oliveira, do programa Ídolos do Atletismo Loterias Caixa, já confirmou presença no evento. O organizador do evento, João Traven, disse que foi necessário fazer um planejamento complexo para dar segurança sanitária aos participantes. “Passamos muito tempo planejando o evento e, finalmente, podemos dizer que estaremos juntos novamente em uma prova ao ar livre e com um protocolo sanitário seguro. Os atletas estão há muito tempo sem ter uma competição com esse alto nível técnico."

Protocolo

A organização espera que 30 mil atletas participem das provas. Conforme o protocolo de segurança, para evitar disseminação da covid-19 apenas pessoas imunizadas com as duas doses (ou dose única) da vacina vão participar. Quem não estiver com o esquema vacinal completo terá de apresentar resultado do teste PCR ou antígeno.

O protocolo sanitário foi elaborado pelo corpo médico da maratona e aprovado pela Secretaria Municipal de Saúde e órgãos de corrida, seguindo orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS). O protocolo se estende a uma série de medidas específicas para cada momento da jornada do corredor, na inscrição, na entrega de kits, na largada, no percurso e nas arenas.

Além das quatro provas, haverá o Desafio Cidade Maravilhosa, uma combinação de superar e testar limites. Os atletas disputarão a Meia Maratona no domingo e a Maratona na segunda-feira. Com isso, vão correr pouco mais de 63 km em dois dias. Para garantir a saúde e segurança das crianças, segundo a organização, neste ano não será realizada a Maratoninha Gloob.

Orgulho

Para o governador do Rio, Cláudio Castro, é motivo de muito orgulho o Rio abrir o calendário de provas de rua com uma competição que tem a cara da população fluminense e em cenários tão belos. “Temos que celebrar este novo momento do Rio de Janeiro: a vacinação contra a covid-19 seguindo a pleno vapor e os casos da doença em constante queda. Depois de períodos tão difíceis, nada melhor do que celebrar a vida e com muito esporte”, afirmou.

O secretário de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, Gutemberg Fonseca, também comemorou a realização das provas. “É uma alegria enorme ver a vida voltando à normalidade, mesmo com a necessidade de ainda seguirmos certos protocolos de saúde por conta da pandemia. A Maratona do Rio é, sem dúvida alguma, um marco neste momento de retomada dos grandes eventos no Rio de Janeiro”, afirmou.

Gutemberg pediu o investimento de grandes empresas nos eventos esportivos. “Aproveito a oportunidade para lembrar às empresas que, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, podemos trazer para o nosso estado eventos dessa magnitude, que contribuem para o fomento ao esporte, ao lazer, à economia e ao turismo em todo o Rio de Janeiro”, concluiu.

Principal destino

O governo do estado destacou que a realização da Maratona do Rio 2021 mostra, pela segunda vez consecutiva, o Rio de Janeiro como o principal destino da América do Sul em turismo de esportes. “O título foi concedido pelo World Travel Awards, iniciativa global que é considerada o Oscar do setor turístico. O Rio de Janeiro desbancou destinos como Buenos Aires e Bariloche, na Argentina; e Lima, no Peru”.

Kits

Os kits dos corredores começaram a ser entregues nesta sexta-feira (12) na Arena da Marina da Glória, no Aterro do Flamengo, das 12 às 22h e, no sábado, entre 9h e 19h, para a prova de meia maratona. Já para as provas do feriado, os kits serão recebidos no domingo (14), das 8h às 18h.

Passagem

A organização fez uma parceria especial com as empresas MetrôRio e Eletromídia e disponibilizará, nos dias das provas, gratuidade na tarifa para quem apresentar o uniforme de corrida oficial da Maratona do Rio 2021. “Isso valerá na catraca de qualquer uma das 41 estações ou nas linhas de ônibus do Metrô na Superfície, onde o acesso ao embarque será liberado. A parceria é válida apenas para o dia da prova, das 7 às 23 horas para o Metrô e das 7 às 22:30 para Metrô na superfície”, informou.

Escrito por:

Agência Brasil