Publicado 08 de Agosto de 2021 - 9h54

Por Agência Brasil

Estão abertas até o dia 30, na página do 3º Festival Cine Inclusão, as inscrições para a Mostra Competitiva e a Mostra Melhor Idade do 3º Festival Cine Inclusão, que será realizado de 18 e 24 de outubro, de forma virtual, em função da pandemia do novo coronavírus, e inteiramente gratuito.

Idealizado e dirigido pelo produtor Daniel Gaggini, o festival se consolida nesta edição como o único evento cinematográfico com foco exclusivo na difusão de curtas-metragens produzidos por pessoas com mais de 60 anos de idade e de filmes que discutam questões ligadas à terceira idade.

“Desde a segunda edição, nós focamos a difusão de filmes realizados por pessoas com mais de 60 anos e filmes que tenham a temática da terceira idade em primeiro plano. Ou seja, que tenham personagens de mais de 60 anos, ou o tema, o argumento, gire em torno disso. Desde esse momento, a gente está seguindo essa linha”, disse Gaggini à Agência Brasil.

Categorias

As inscrições são feitas em duas categorias de filmes curtas-metragens. A primeira é a Mostra Melhor Idade, na qual só podem se inscrever filmes de língua portuguesa cujos idealizadores tenham mais de 60 anos. “Nessa mostra, pode ser amador, profissional. O tema para nós não importa. O que importa é que o realizador ou realizadora tenham mais de 60 anos. Na Mostra Competitiva, que é aberta a cineastas de todas as idades, o tema tem que ser a terceira idade.

Nessa Mostra Competitiva, os três melhores filmes serão escolhidos por votação popular. Serão distribuídos prêmios no valor de R$ 3 mil para o primeiro lugar; R$ 2 mil para o segundo e R$ 1 mil para o terceiro. Os vencedores serão divulgados no dia 24 de outubro, em transmissão ao vivo na internet.

Daniel Gaggini informou que o festival terá duas grades de filmes da Mostra Competitiva e duas da Mostra Melhor Idade, além de dois filmes convidados que podem ser longas-metragens, para exibição na abertura e no encerramento do evento. “Nosso objetivo é exibir 20 curtas-metragens”.

O festival é realizado a cada dois anos. “O projeto Cine Inclusão intercala. Um ano a gente faz capacitação e no outro ano, festival. Este ano é a terceira edição do Festival Cine Inclusão”, explicou Gaggini.

Debates e palestras também compõem a programação. Realizado pela MUK Produções, o festival tem participação aberta a cineastas, entidades e artistas independentes.

Escrito por:

Agência Brasil