Publicado 07 de Agosto de 2021 - 13h39

Por Agência Brasil

Vaincação contra covid - Vacina Astrazeneca - Centro de Saúde n°13, 23/07/2021 Fotos: Myke Sena/MS

Myke Sena/MS

Vaincação contra covid - Vacina Astrazeneca - Centro de Saúde n°13, 23/07/2021 Fotos: Myke Sena/MS

A prefeitura de São Paulo vai exigir que os servidores públicos e funcionários municipais da capital paulista se vacinem contra a covid-19. A exceção é apenas para aqueles que apresentarem uma justificativa médica. A medida foi publicada hoje (7) no Diário Oficial da cidade.

O decreto, segundo a prefeitura, está baseado em uma decisão cautelar do Supremo Tribunal Federal (STF) e em leis federais. A decisão vale também para funcionários de autarquias e de fundações.

A Controladoria Geral do Município (CGM) ficará encarregada em fazer o levantamento dos servidores e empregados públicos que, sem justa causa, não se vacinaram.

A recusa, sem justificativa médica, será considerada falta grave e poderá resultar em punições como repreensão, suspensão e outras medidas mais severas.

Escrito por:

Agência Brasil