Publicado 29 de Julho de 2021 - 11h25

Por Agência Brasil

Mulheres se protegem do frio nesta manhã em São Paulo: no distrito de Parelheiros, temperatura chegou a 0 grau

Bruno Rocha/Enquadrar/AE

Mulheres se protegem do frio nesta manhã em São Paulo: no distrito de Parelheiros, temperatura chegou a 0 grau

A madrugada desta quinta-feira, 29, em São Paulo, Capital, teve recorde de temperatura mínima em 2021 com os termômetros registrando média de 4,7°C nas estações meteorológicas do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da prefeitura. Em Engenheiro Marsilac, extremo sul do distrito de Parelheiros, a temperatura mínima foi negativa: 0,1°C. Até então, a menor média mínima este ano havia sido em 20 de julho: 5,4°C.

Segundo os meteorologistas do CGE, nesta quinta, na capital paulista, haverá predomínio de sol entre poucas nuvens e céu claro, com as temperaturas variando entre  5°C e 13°C, números que não devem ser superados por causa da atuação da forte massa de ar frio polar, considerada a mais intensa em 2021. Os menores índices de umidade do ar se mantêm acima dos 40 % e não há previsão de chuva para a capital paulista.

Frio vai permanecer nos próximos dias

Ainda segundo o CGE, as próximas madrugadas ainda serão geladas e com expectativa de novo recorde na madrugada de sexta-feira, 30. As mínimas nos bairros mais afastados do centro expandido, distantes das áreas mais urbanizadas, podem atingir valores próximos ou abaixo de zero. “O ar frio polar só deve começar a perder força a partir do início da próxima semana, quando as temperaturas se elevam gradativamente”, informou o Centro de Gerenciamento de Emergências .

A madrugada de sexta-feira, 30, deve registar 3°C e valores negativos nas regiões mais periféricas da cidade. O dia terá céu claro e poucas nuvens, com temperatura máxima em torno dos 15°C com percentuais de umidade do ar entre 45% e 95%. A sensação será de frio no decorrer do dia, que terá valores mínimos de umidade do ar acima dos 45%.

O sábado, 31, ainda será frio, com a madrugada registrando termômetros em torno de 7°C, e predomínio de sol, céu com poucas nuvens e temperatura máxima de 16°C durante o dia. A sensação será de frio no decorrer do dia, com taxas de umidade do ar entre 35% e 90%.

Acolhimento com proteção social

Na noite de quarta-feira, o governo de São Paulo realizou o acolhimento emergencial de 50 pessoas em situação de rua na estação Pedro II do Metrô, como parte do programa Noites Solidárias, que visa garantir a proteção social e segurança alimentar da população em situação de rua durante a frente fria que chegou ao estado.

No abrigo, as pessoas foram acolhidas com colchões e cobertores, além de alimentação. A segurança da região e dentro da estação foi reforçada pela Secretaria de Segurança Pública e pela Guarda Civil Metropolitana. Uma equipe do Padre Julio Lancelotti pernoitou com os abrigados para auxiliar no acolhimento de todos.

O abrigo montado na estação do Metrô possui 400 vagas disponíveis exclusivamente para o público masculino. O local ficará aberto até 31 de julho e vai oferecer alimentação, água potável, colchões, cobertores e 20 banheiros químicos entre 20h e 8h.

Escrito por:

Agência Brasil