Publicado 20 de Julho de 2021 - 21h44

Por Agência Brasil

Warley. Botafogo X Goias, pelo Campeonato Brasileiro Série B no Estadio Nilton Santos. 20 de Julho de 2021, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Vitor Silva/Botafogo. 
Imagem protegida pela Lei do Direito Autoral Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Sendo proibido qualquer uso comercial, remunerado e manipulacao/alteracao da obra.

Vitor_Silva

Warley. Botafogo X Goias, pelo Campeonato Brasileiro Série B no Estadio Nilton Santos. 20 de Julho de 2021, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Vitor Silva/Botafogo. Imagem protegida pela Lei do Direito Autoral Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Sendo proibido qualquer uso comercial, remunerado e manipulacao/alteracao da obra.

O Botafogo foi derrotado por 2 a 0 pelo Goiás, na noite desta terça-feira (20) no estádio Nilton Santos, e chega à quinta partida consecutiva sem vitória pela Série B do Campeonato Brasileiro. Com este revés o Glorioso fica na 14ª posição com 13 pontos. Já para o Esmeraldino o triunfo representou a entrada no G4 (na 4ª posição com 23 pontos).

O triunfo do Goiás foi construído no primeiro tempo, aos 24 minutos em chute forte do volante Rezende, e aos 44 com chute rasteiro do atacante Alef Manga que contou com a ajuda do montinho artilheiro.

O Botafogo volta a entrar em campo pela Série B no próximo sábado (24) contra o Confiança. Um dia antes o Goiás visita a Ponte Preta.

Derrota da Raposa

Quem também perdeu nesta terça foi o Cruzeiro, superado por 1 a 0 pelo Remo no estádio Baenão, em Belém. A derrota deixou a Raposa em 16º, com 11 pontos. Já o Leão terminou a partida em 11º com 16.

O único gol da partida saiu aos 22 minutos do primeiro tempo, quando Victor Andrade acertou um belo voleio no ângulo do gol defendido por Fábio.

O Cruzeiro volta a entrar em campo no próximo sábado, quando visita o Vila Nova. Um dia antes o Remo visita o Londrina no estádio do Café.

Empates sem gols

Também pela 13ª rodada da Série B, aconteceram dois empates sem gols, entre Londrina e Confiança, e entre Guarani e Sampaio Corrêa.

Escrito por:

Agência Brasil