Publicado 23 de Junho de 2021 - 9h02

Por Agência Brasil

Fachada da Secretaria de Estado da Polícia Civil, no centro do Rio de Janeiro

Tomaz Silva/Agência Brasil

Fachada da Secretaria de Estado da Polícia Civil, no centro do Rio de Janeiro

Uma operação conjunta do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e da Polícia Civil fluminense cumpre hoje (23) mais de 80 mandados de prisão preventiva contra acusados do comércio de drogas ilícitas no sul fluminense. Até as 8h, 29 pessoas já tinham sido presas, de acordo com a Polícia Civil.

Além dos mandados de prisão, estão sendo cumpridos mais de 100 mandados de busca e apreensão. Segundo denúncia do MPRJ, foi identificada uma organização criminosa que se divide em seis núcleos, cada um atuando em um município diferente: Barra Mansa, Volta Redonda, Barra do Piraí, Angra dos Reis, Resende e Rio de Janeiro.

Ainda de acordo com o MPRJ, o grupo tem como base a comunidade da Vila Kennedy, na zona oeste do Rio. A partir daí, a droga é distribuída para os municípios do sul do estado, onde é revendida.

O grupo atua do modo tradicional, usando armas de fogo para controlar territórios e comercializar seus produtos ilegais.

O gerenciamento do negócio ilícito era feito com a ajuda de grupos de WhatsApp, a partir dos quais eles negociavam aquisição e distribuição de drogas e armas. Um deles era integrado por lideranças do grupo e usado para trocar informações de nível gerencial e contábil.

Escrito por:

Agência Brasil