Publicado 10 de Junho de 2021 - 20h06

Por Agência Brasil

Após queda na Copa do Brasil, Cruzeiro anuncia Mozart como técnico

Após queda na Copa do Brasil, Cruzeiro anuncia Mozart como técnico

Menos de 24 horas após demitir Felipe Conceição, o Cruzeiro está de técnico novo. Nesta quinta-feira (10), o clube anunciou Mozart Santos como treinador até o fim da edição 2021 da Série B do Campeonato Brasileiro. Junto do profissional, chegam à Raposa o auxiliar Denis Iwamura e o preparador físico Jackson Maciel Schwengber.

A estreia já pode ser neste sábado (12), às 21h (horário de Brasília), contra o Goiás, no Mineirão, pela terceira rodada da competição. Para isso, o nome de Mozart precisa ser registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O Cruzeiro vive péssimo momento. Na última quarta-feira (9), o time mineiro foi eliminado na terceira fase da Copa do Brasil pela Juazeirense-BA, nos pênaltis, após derrota por 1 a 0 no tempo normal, no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro (BA). Além disso, a equipe ocupa a lanterna isolada da Série B, zerada após duas rodadas.

Mozart, de 41 anos, estava sem clube desde que deixou a Chapecoense, em 27 de maio, um dia após o Verdão do Oeste perder o título catarinense para o Avaí. O técnico comandou a Chape em oito partidas, com três vitórias, três empates e duas derrotas. No ano passado, o treinador dirigiu o CSA e quase recolocou o Azulão do Mutange na primeira divisão nacional, encerrando a Série B em quinto lugar.

A Raposa é o sétimo clube de Mozart desde que deixou os gramados. O ex-volante iniciou a carreira de técnico em 2013, no Canoinhas-SC. No mesmo ano, trabalhou no Jaraguá-SC. Entre 2014 e 2015, foi auxiliar do Reggina (Itália) - time onde atuou por cinco anos quando jogador - e chegou a treinar a equipe de forma interina. De 2019 a 2020, comandou o sub-20 e o elenco de aspirantes do Coritiba, antes de ser contratado por CSA, Chapecoense e Cruzeiro.

Escrito por:

Agência Brasil