Geral

Latam: decisão sobre Santos Dumont faz mais sentido a passageiros e a equilíbrio de aeroportos

Estadão Conteúdo
09/11/2023 às 14:03.
Atualizado em 09/11/2023 às 14:08

A Latam comemorou a decisão do Ministério de Portos e Aeroportos, anunciada na quarta-feira, 8, de revogar a restrição de distância para a operação do Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Em substituição, a pasta estabeleceu um teto de 6,5 milhões de passageiros por ano a partir de 2024.

"A Latam entende que esta é a medida que faz mais sentido para os passageiros do Rio de Janeiro e para o equilíbrio dos aeroportos da cidade", afirmou a empresa em nota.

Ainda segundo a empresa, a mudança adota limites necessários à operação do Santos Dumont sem retirar do consumidor a liberdade de escolha sobre onde voar.

A Latam informou que em breve anunciará novo redesenho da sua malha aérea na capital fluminense. No início de outubro, a companhia havia informado que iria triplicar a oferta doméstica no Galeão para atender as restrições impostas ao Santos Dumont.

No cenário anterior, antes da mudança anunciada na quarta-feira, a Latam iria operar no Santos Dumont apenas o voo direto para Congonhas a partir do primeiro mês do próximo ano.

O Conselho de Aviação Civil (Conac), presidido pelo ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa, revogou resolução de agosto que pretendia restringir o raio de operação do Aeroporto de Santos Dumont. A revogação está formalizada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 9.

Assuntos Relacionados
Compartilhar
Correio Popular© Copyright 2024Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por