Publicado 24 de Maio de 2021 - 20h03

Por Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) prendeu nesta segunda-feira (24) um dos narcotraficantes mais procurados do mundo. Segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, o italiano Rocco Morabito foi localizado em um quarto de hotel, em João Pessoa. A prisão foi possível por meio de um trabalho conjunto da PF com a Interpol, a polícia internacional, e a partir de um mandado expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF). 

Rocco Morabito era considerado o segundo criminoso mais procurado da Itália e acusado de envolvimento com a Ndrangheta, que é tida como uma das maiores e mais poderosas facções criminosas organizadas do mundo.

No momento da prisão, Morabito estava acompanhado de mais dois estrangeiros. Um deles, também italiano, é foragido da Justiça. Ele era investigado pela Polícia Federal desde 2019, quando fugiu de uma prisão no Uruguai e veio para o Brasil.

A prisão foi feita pela PF em parceria com a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e a polícia italiana, cujas agências dos carabinieri, uma das forças armadas da Itália, e do Serviço de Cooperação Internacional de Polícia (Projeto I-Can) participaram da investigação em conjunto com o Escritório Central da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) no Brasil. 

Escrito por:

Agência Brasil