Publicado 29 de Abril de 2021 - 17h29

Por Lucas Rossafa/ Correio Popular

Meia Andrigo é o artilheiro do Guarani no Paulistão com 3 gols; jogador deve ter maior sequência no time

Diego Almeida/ Ponte Press

Meia Andrigo é o artilheiro do Guarani no Paulistão com 3 gols; jogador deve ter maior sequência no time

Em busca de reabilitação e dias de tranquilidade, a Ponte Preta volta a campo nesta quinta-feira diante do Mirassol, no Estádio Moisés Lucarelli, a partir das 21h, em duelo válido pela nona rodada do Campeonato Paulista.

Depois de dias conturbados com ataque ao ônibus oficial, na saída do Majestoso, na última segunda-feira à noite, Macaca mira recuperação imediata para amenizar a pressão da torcida e manter vivo o sonho de classificação às quartas de final.

Com dez pontos, na terceira colocação do Grupo B, atrás da Ferroviária (11), Alvinegra terá novidades na escalação em dois setores: defesa e meio.

Principal alvo da torcida nas redes sociais e um dos mais abalados emocionalmente por conta do ato de vandalismo contra o Gorilão, Yuri será sacado do time titular.

Enquanto Jean Carlos, reposição imediata, está em transição física após lesão na coxa esquerda, Fábio Moreno vai improvisar o zagueiro Ruan Renato no setor, enquanto Luizão e Rayan formam o miolo da defesa pela primeira vez nesta temporada.

No meio-campo, é provável que o treinador dê chance a nova dupla de volantes, agora com Dawhan e Vini Locatelli nas vagas de Barr’eto e Léo Naldi, bem abaixo no revés ante a Internacional de Limeira.

Além disso, time campineiro também conta com o retorno de Niltinho, fora do último confronto por problema muscular. O atacante, embora tenha status de titular absoluto, não reúne condições físicas ideais e deve ficar como opção no banco de reservas, ao passo que Pedrinho, cria das categorias de base, recebe chance desde o início ao lado de Moisés e Paulo Sérgio.

O duelo ante o Mirassol também é importante para Ponte Preta pôr fim à sequência instável no Campeonato Paulista e ganhar força na temporada, sobretudo sob ponto de vista técnico.

"A oscilação é coisa que vem nos incomodando também. É algo que a gente conversa, né? Internamente é uma coisa que estamos buscando melhorar. É corrigir o que precisa ser corrigido nos treinamentos para minimizar ao máximo o número de erros, pois isso pode levar a gente ao sucesso nos jogos", afirmou o goleiro Ygor Vinhas, em coletiva de imprensa.

"Às vezes, está faltando, sim, um pouco de tranquilidade da equipe, no geral, para concluir algumas jogadas e algumas situações, mas a gente vai tentar corrigir isso aí nos treinamentos. A gente sabe que está incomodando, porque precisamos melhorar. Vamos trabalhar para isso não ocorrer mais nos jogos e ter resultados positivos", emendou.

Relação de atletas

A Ponte Preta, ontem à tarde, fechou a lista de inscritos com Felipe, lateral-direito anunciado pelo Departamento de Futebol.

Já regularizado no Boletim Informativo Diário (BID), ala de 21 anos foi cedido por empréstimo junto ao Grêmio até 30 de novembro de 2021, ao fim da Série B do Campeonato Brasileiro.

Aprovado nos exames clínicos e médicos, o jogador, que vai disputar titularidade com Apodi, ainda não será relacionado por Moreno para o compromisso frente o Mirassol e deve iniciar trabalho com bola junto ao restante do elenco ainda nesta semana.

Escrito por:

Lucas Rossafa/ Correio Popular