Publicado 26/04/2021 - 17h37 - Atualizado 26/04/2021 - 17h39

Por Ângelo Barioni/ Correio Popular


A vitória de virada sobre o São Caetano dá ao time campineiro uma nova força rumo à classificação para as quartas de final da competição estadual. A Ponte Preta é a terceira colocada com 10 pontos, mesmo número da Ferroviária, que ocupa a zona de classificação no Grupo B e fica à frente nos critérios de desempate.
Sem tempo a perder, a Ponte Preta agora se prepara para encarar a Inter de Limeira, nesta segunda-feira, às 20 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.
Sem tropeços
Já o Guarani perdeu muitas oportunidades jogando em casa. De agora em diante não pode perder pontos se quiser obter a classificação para a próxima fase do Campeonato Paulista. O time tem oscilado muito durante as partidas, fato que traz preocupação aos torcedores. Em vários jogos o Guarani saiu na frente, mas não conseguiu segurar o placar e, ao contrário, levou viradas que trouxeram prejuizo em termos de pontuação. Ainda há tempo.
"Em futebol, o pior cego é o que só vê a bola". Nelson Rodrigues. Escritor, jornalista, romancista, teatrólogo
Expectativa
Em 10 dias, a Ponte Preta e Guarani realizam o Dérbi 199. Dia 5 de maio as equipes se enfrentam no Moisés Lucarelli pela 6ª rodada do Paulistão. O horário ainda não foi definido pela FPF.
15 Pontos
Restam cinco jogos para a Ponte Preta encerrar a primeira fase do Paulista. Os próximos adversários são Inter de Limeira, Mirassol, Ituano, Guarani e Palmeiras.
12 pontos
O Guarani terá mais quatro partidas: Santo André, Novorizontino, Ponte Preta e Inter de Limeira.
Segundo plano
O Palmeiras voltou a vencer no Paulistão e agora corre atrás da classificação.
É notório que o time focou suas atenções em outros torneios e deixou o Campeonato Paulista em segundo plano.
Segundo plano 2
Aliás, o Santos também segue o mesmo caminho e utiliza atletas das categorias de base no Paulistão. Sorte de São Paulo e Corinthians que estão mais enxutos.
Avisado
Vencer a Internacional na segunda-feira é obrigação da Macaca, afirmam torcedores. O time de Limeira faz um péssimo campeonato e corre risco de rebaixamento.
Também avisado
O Guarani tem a mesma obrigação, embora jogue fora, já que o Santo André está entre a cruz e a espada. O Bugre não pode desperdiçar chance nenhuma se quiser alcançar a classificação.
Vacina
O Comitê Olímpico do Brasil (COB) afirmou que pretende vacinar contra a covid-19 todos os atletas olímpicos e paralímpicos para os Jogos de Tóquio,
Respeito
Porém, desde que a vacinação teve início no Brasil, o COB reiterou diversas vezes que não pretende "furar a fila", respeitando sempre os critérios adotados pelo Ministério da Saúde.
Detrimento
De acordo com o COB, a imunização dos atletas olímpicos deve acontecer via Ministério da Defesa. A relação entre as Forças Armadas e os esportistas brasileiros é muito próxima porque parte deles é integrante de uma das três Forças.
Copa do Brasil
Os 32 times são: os 20 classificados das primeiras fases, 8 clubes vindos da Copa Libertadores, o 9º colocado do Brasileirão 2020 e os campeões da Série B, Copa Verde e da Copa do Nordeste. Desta fase até o final não há vantagem pelo gol feito fora de casa.
Dérbi
Hoje tem clássico paulista na Vila Belmiro às 20h. Santos e Corinthians se enfrentam com equipes mistas, já que a maratona de jogos está intensa para clubes que possuem calendário mais cheio. 
Eliminatórias
Por causa da pandemia, os jogos pela quinta e sexta rodadas foram adiados e, segundo a Conmebol, deverão ser disputados em setembro, outubro ou novembro. O Brasil teria o confronto com a Colômbia, fora de casa, e depois receberia a Argentina, na Arena Pernambuco.
Com quatro vitórias, o Brasil lidera as Eliminatórias com 12 pontos, contra dez da Argentina e nove do Equador. Paraguai e Uruguai somam seis cada, enquanto Chile e Colômbia acumularam quatro pontos. Os venezuelanos têm três, enquanto Peru e Bolívia são os piores, com apenas um ponto.

Escrito por:

Ângelo Barioni/ Correio Popular