Publicado 05/03/2021 - 15h22 - Atualizado 05/03/2021 - 15h23

Por Luiz Roberto Saviani Rey/ Correio Popular


O agravamento e o aumento de mortes por covid 19 têm retirado da maioria das autoridades instiuídas no plano executivo, em todo o país, o papel do exercício político em essência, relegando agendas e atos relevantes para o desenvolvimento local e o bem estar social a planos terciários. Exceto a Presidência da República e os parlamentares em Brasília, a ocupação quase exclusiva de prefeitos e de governadores tem sido cuidar de protocolos, buscar leitos e UTIs, e debelar as chamas da pandemia.
A hora do pânico
Em Campinas, não tem sido diferente, e o prefeito Dário Saadi dá sinais de exaustão e até de certo nervosismo, tal o grau de intensidade dos problemas que surgem no cotidiano, exigindo ação pessoal no acompanhamento de situações de internações, de casos recentes, da disponibilidade de pessoal médico, de hospitais, leitos, UTI’s e equipamentos. Durante live, esta semana, chegou a se irritar com assessores. Política mesmo, só Deus sabe quando.
"É legítimo o sentimento de abandono", Luiz Roberto Barroso, ministro do STF.
CADERNINHO
A despeito de mortes de professores e de alunos, vítimas de covid 19, em redes públicas e particular de ensino, em Campinas, o vereador Marcelo Silva pediu ontem urgência na análise e votação de projeto de lei de sua autoria tornando a atividade escolar essencial em Campinas.
CADERNINHO 2
Segundo Marcelo Silva, “A medida de fechar as escolas durante a fase vermelha não se sustenta em números que comprovem serem elas local de transmissão do corona vírus”. Com a palavra, as autoridades em Saúde e Educação.
TREM FANTASMA
A novela da letárgica construção da Ferrovia Norte-Sul - que se arrasta desde 1980 - teve um capítulo dinâmico ontem, com a concessionária Rumo inaugurando trecho entre São Simão (GO) e Estrela D’Oeste (SP). Uma boa arrancada.
TREM FANTASMA 2
Aos trancos e barrancos, a Norte-Sul vai saindo do papel e unindo o Pará a São Paulo, em um modelo de ferrovia que auxiliará no escoamento de produtos de toda natureza para mercados, portos e aeroportos do Sul.
***
Da mesma idade da Norte-Sul, no entanto, o Trem Intercidades, do João Dória, unindo a capital a Campinas, parece Ferrorama, o trenzinho de brinquedo.
A MÃE DE QUEM?
Jair Bolsonaro perdeu ontem, novamente, as estribeiras por conta das cobranças para a aquisição de lotes de vacina contra a covid 19.
***
Irritado com governadores, Bolsonaro aproveitou momento cercado por apoiadores no aeroporto de Uberlândia, para reclamar das repessões de governadores. Com ênfase e pouco afeto, ele exclamou: “Tem idiota que diz ‘vai comprar vacina’. Só se for na casa da tua mãe”.
FALTOU CUIDADO
O presidente do Tribunal Superior Eleitoral e membro do STF, Luiz Roberto Barroso, lamentou ontem o número de mortos por covid 19 nos últimos tempos e professou seu sentimento sobre o abandono que entende haver no plano da administração da crise da pandemia.
***
“Estamos batendo recordes negativos. Algumas dessas mortes eram, em toda parte do mundo, inevitáveis. Mas muitas eram evitáveis”, comentou Barroso.
BIGODINHO
A Amazon se viu obrigada a repor um de seus logotipos de usuários, porque vários consumidores teriam visto em seu design semelhança com o bigode do líder nazista Adolf Hitler.

Escrito por:

Luiz Roberto Saviani Rey/ Correio Popular