Publicado 20/03/2021 - 15h01 - Atualizado 20/03/2021 - 15h01

Por Moara Semeghini/ Correio Popular

Blitz da polícia durante toque de recolher em Campinas

Diogo Zacarias/ Correio Popular

Blitz da polícia durante toque de recolher em Campinas

O prefeito de Campinas Dário Saadi (Republicanos) decidiu adotar o Toque de Recolher e descartou a possibilidade de um lockdown neste momento.
O Toque de Recolher está em vigor desde quinta-feira, 18 de março e válido até o próximo dia 30:
. Das 20h às 5h, o cidadão só poderá sair de casa em caso de necessidade de fato e não para lazer. Ou seja, só pode circular por motivos de trabalho ou para utilizar um serviço de saúde ou comprar um medicamento (se for esse o caso, não haverá punição)
. Comércios essenciais, supermercados, padarias, lojas de conviniência terão que fechar as portas a partir das 20h. O mesmo acontece com o sistema de drive-thru. O setor de alimento por meio do delivery continua liberado.
. A ação será contínua e intensificada, diurna e noturna, até o dia 30 de março.
. Podem fazer a abordagem na população e verificar se comércios, bares e restaurantes estão cumprindo os protocolos sanitários vigentes: equipes da Vigilância Sanitária, Setec, Secretaria de Planejamento e Urbanismo, Procon, além da Guarda Municipal e das polícias Civil e Militar
. Caso as autoridades abordarem o cidadão e questionarem sobre o motivo da circulação, a saída deve ser comprovada. Os responsáveis também deverão dar orientação para as pessoas retornarem para suas casas.
. A polícia fará blitz em bairros da cidade

Escrito por:

Moara Semeghini/ Correio Popular