Publicado 09/02/2021 - 17h55 - Atualizado 09/02/2021 - 18h03

Por Revista Metrópole

Ambiente externo ? um convite para respirar ar puro e recarregar ?as baterias? em meio ao verde das plantas

Divulga??o

Ambiente externo ? um convite para respirar ar puro e recarregar ?as baterias? em meio ao verde das plantas

Alguns estudos dizem que 60 minutos de massagem equivalem a 7 horas de sono.
É o que informa a massoterapeuta Rosa do Carmo da Silva que, junto com sua equipe, tem tido muitas demandas neste tempo de pandemia. As queixas mais constantes de sua clientela são dor de cabeça, dificuldade para dormir, tensão muscular, tontura, irritabilidade e falta de apetite. “Na verdade, as pessoas estão com medo... medo de perder o emprego, de que alguém na família fique doente... E o medo acaba gerando ansiedade que se manifesta no corpo”, explica.
Harmonie: pedras quentes, reflexologia e escalda-p?s
Segundo Rosa, é possível perceber que o corpo está pedindo ajuda diante de sintomas tais como falta de sono, queda de cabelo, fraqueza nas unhas e algumas síndromes - como a do pânico. Então, é hora de tomar alguma providência e a massagem pode ser de grande ajuda. “A massagem, tanto a terapêutica quanto a relaxante, controla o nível do cortisol, que é o hormônio do estresse, e aumenta o nível da dopamina e serotonina, responsáveis pelo nosso bem estar”. A massoterapeuta diz que suas técnicas servem para descontrair a musculatura, reduzir dores e aliviar uma possível lesão que a pessoa possa ter, além de muitos outros benefícios.
Massagens em pontos da cabeça, juntamente com o rosto, para aliviar dores de cabeça; nas costas, onde estão as maiores terminações de nervos; pés e panturrilha, são as que mais surtem efeito. “Quando a pessoa está com a respiração curta, por causa da ansiedade, costumo aplicar alguns alongamentos nos braços e peço para que, simultaneamente, ela respire profundamente”, explica Rosa.
TÉCNICAS
Formada em massoterapia há 21 anos, Rosa do Carmo da Silva tem em sua equipe Gabrieli Ribeiro de Almeida, massoterapeuta; Patrícia Granjeiro, esteticista; Juliana Santana, terapeuta energética; e Bárbara Molhani, recepcionista e assistente.
Pindas chinesas s?o tecidos com sal grosso ou ervas misturadas  a ?leo essencial
As técnicas de massoterapia usadas pela equipe são com pedras quentes, reflexologia, escalda pés com massagem podal e hidratação profunda, massagem com toalha quente e massagem com pindas chinesas. “As pindas chinesas são tecidos com sal grosso ou ervas misturadas a óleo essencial, usados para trabalhar tensão, pois proporcionam relaxamento e podem ser usadas para tratar tanto problemas físicos quanto emocionais”, explica Rosa.
Essas técnicas relaxantes são oferecidas no Day Spa, que conta, ainda, com tratamentos relaxantes com Barra de Access, Florais de Bach, aromaterapia e imantoterapia.
Pindas chinesas s?o tecidos com sal grosso ou ervas misturadas  a ?leo essencial
É possível, também, agendar atendimentos em domicílio.

Escrito por:

Revista Metrópole