Publicado 08/02/2021 - 11h20 - Atualizado 08/02/2021 - 12h44

Por Da Redação

O prefeito de Campinas, D?rio Saadi (Republicanos), visitou e concedeu entrevista exclusiva ao Correio Popular, em que abordou os planos e os desafios que ter? de enfrentar com a pandemia

Importação

O prefeito de Campinas, D?rio Saadi (Republicanos), visitou e concedeu entrevista exclusiva ao Correio Popular, em que abordou os planos e os desafios que ter? de enfrentar com a pandemia

Dário Saadi diz ter pés no chão e apostar na retomada econômica
Prefeito revela-se surpreso com propostas de investimento imobiliário na cidade, que podem atingir cifras bilionárias nos próximos anos
O prefeito de Campinas, Dário Jorge Giolo Saadi (Republicanos), completou, na semana passada, o primeiro mês de governo. Eleito com o apoio do ex-prefeito Jonas Donizetti (PSB), demonstra imprimir outra personalidade ao Poder Executivo apesar de ter mantido secretários vinculados ao antecessor, cuja esposa, Sandra Ciocci, chefia a Secretaria de Cultura.
Médico, 58 anos, com especialização em Urologia, Saadi se formou na Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas) e trabalhou no Hospital Municipal Mário Gatti, do qual foi presidente. Antes de chegar ao Palácio dos Jequitibás, inaugurou a carreira política em 1997, quando assumiu uma cadeira no Legislativo e seguiu por quatro mandatos. Ocupou a Presidência da Câmara Municipal entre 2005 e 2008. No governo Jonas Donizette, Saadi esteve à frente da Secretaria de Esportes, por cinco anos.
Durante visita ao Presidente-Executivo do Grupo RAC, Ítalo Hamilton Barioni, o prefeito concedeu entrevista exclusiva ao Correio Popular, abordando temas relevantes e expectativas para Campinas, os planos e os desafios que a cidade terá de enfrentar com a pandemia da covid-19.
Apesar do otimismo frente às perspectivas econômicas, Saadi admitiu que não tem a "ilusão de que tudo são flores e que tudo será fácil". Ao longo da entrevista, o prefeito afirmou apostar em um "maior controle da pandemia", pois vai permitir que a cidade "retome sua economia" e volte a crescer.
"Eu acredito que se o País vai melhorar do ponto de vista da macroeconomia, principalmente com um controle maior da pandemia com a vacinação, vamos ter condições para a cidade crescer novamente. Estamos sendo procurados por grandes empreendimentos imobiliários, algo que até me surpreendeu. Eu tive reuniões com uma empresa que tem programado investimentos, até 2025, de R$ 550 milhões", afirmou. Ele disse ter convicção de que as empresas buscam por Campinas porque apostam no cenário pós-pandemia.
"Há um rol de propostas de investimentos imobiliários. Temos uma perspectiva até de investimentos bilionários, pois se somarmos dois ou três empreendimentos que têm interesse na cidade, dá pelo menos R$ 1 bilhão. É importante lembrar que essas empresas fazem estudos aprofundados de Campinas, e com isso percebem que a cidade está se preparando para uma retomada econômica", explicou.
A Prefeitura busca apoiar ainda o investimento em tecnologias de ponta. Segundo ele, a administração está em diálogo com a Univesidade Estadual de Campinas (Unicamp), a Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas) e as Faculdades de Campinas (Facamp) para avançar com o projeto do Hub Internacional para o Desenvolvimento Sustentável (HIDS).

Escrito por:

Da Redação