Publicado 09/01/2021 - 11h05 - Atualizado 09/01/2021 - 11h09

Por AAN

Palhaço Café Pequeno, de Riguetti, artista campineiro radicado no Rio

Bruna Prado/Divulgação

Palhaço Café Pequeno, de Riguetti, artista campineiro radicado no Rio

Buzinas, moedas, taças ou sinos, nada é o que parece nas mãos dos palhaços. Excentricidade? Ou a incrível proeza de criar música com objetos cotidianos? Este é o universo dos Excêntricos Musicais! palhaços e palhaças que exploram os sons com criatividade e humor, criando seus próprios instrumentos inusitados que cativam o público por sua sonoridade peculiar e sua engenhosidade.
O curso Palhaço Excêntrico Musical, oferecido pela Escola Livre de Palhaço (ESLIPA) visa instrumentalizar os alunos, no aspecto teórico e prático, na construção de instrumentos musicais inusitados. Instrumentos não temperados que produzem notas musicais, encantam o público e trazem um elemento cômico a cena da palhaçada e do brincante.
“A partir da minha experiência como luthier de instrumentos inusitados, pretendo compartilhar nesse curso on-line, elementos teóricos e práticos, na construção de instrumentos inusitados a partir de taças, sinos, buzinas, canecos, panelas, bomba de bicicleta, purificadores, pinicos...entre outros”, explica Richard Riguetti, o palhaço Café Pequeno. Riguetti trabalha como palhaço há 33 anos no Grupo Off-Sina e coordena há 8 anos a Escola Livre de Palhaço (ESLIPA), ambos no Rio de Janeiro. Também há 8 anos pesquisa a arte do palhaço excêntrico musical. Riguetti, campineiro radicado no Rio, é formado em Artes Cênicas pela UniRio, em Música pela Escola Villa Lobos e em Gestão Cultural pela faculdade Cândido Mendes. O curso Palhaço Excêntrico Musical terá seu primeiro módulo no próximo fim de semana, dias 16 e 17 de janeiro, das 14h às 18h, com aulas ministradas pela plataforma Zoom, ao vivo, no endereço www.zoom.us. Link do formulário de Inscrição: https://forms.gle/ZRrQA6TDt2rgr61G9. Valor: R$ 360,00. Mais informações no fone: 21 99535-3983 ou institutoeslipa.gestor@gmail.com. Righetti também promove em janeiro o Curso de Gestão Cultural, que tem por meta orientar os participantes a planejar iniciativas artísticas a longo prazo. Serão oito encontros, com início dia 12/1 e aulas pela plataforma Zoom, às 3<SC210,170> E 5<SC210,170>, das 10h às 12h, com contribuição consciente. (AAN)

Escrito por:

AAN

nmg