Publicado 16/01/2021 - 16h24 - Atualizado 16/01/2021 - 16h27

Por Da Agência Anhanguera

O avi?o que iria ? ?ndia decolou de Viracopos para levar oxig?nio at? Manaus

Importação

O avi?o que iria ? ?ndia decolou de Viracopos para levar oxig?nio at? Manaus

O avião que iria para a Índia buscar dois milhões de doses da vacina de Oxford contra a Covid-19 decolou, na tarde deste sábado (16), do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, para Manaus (AM) com o intuito de transportar 40 cilindros de oxigênio para a capital amazonense. O município enfrenta atualmente um verdadeiro colapso no sistema hospitalar por falta de oxigênio.
O avião da Azul Linhas Aéreas A330neo, a maior da empresa, decolou por volta das 14h48 de Viracopos e tem previsão de chegada na capital amazonense por volta das 19h. Além da carga, o transporte contará com concentradores de oxigênio e uma tonelada de máscaras. O pedido para levar o oxigênio para Manaus foi feito pelo Ministério da Saúde.
Inicialmente, o voo da Azul viajaria para a Índia na quinta-feira, dia 14 de janeiro, mas a partida precisou ser adiada para sexta-feira. No entanto, o fracasso nas negociações entre o Governo Federal e a Índia para liberação das vacinas provocaram novo adiamento e ainda não há previsão de nova data para a operação.
Com o veto da Índia, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) corre o risco de assistir o início da vacinação no Brasil com a Coronavac, o imunizante que tem sido utilizado como trunfo político do governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

Escrito por:

Da Agência Anhanguera