Publicado 18/11/2020 - 08h13 - Atualizado 18/11/2020 - 12h45

Por Maria Teresa Costa


O prefeito Jonas Donizette, presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), reúne hoje os 19 prefeitos eleitos da Região Metropolitana de Campinas (RMC) para falar sobre matérias que estão para serem votadas no Congresso Nacional e que são de fundamental importância para os municípios. Entre elas, a reforma tributária. O prefeito de Santa Bárbara d'Oeste, Dênis Andia, presidente da RMC, e que não concorreu à reeleição, também estará presente.
Mais representatividade
A representação de pretos e pardos na Câmara de Campinas terá ligeiro aumento a partir de janeiro. Atualmente, são três que se declaram pardos e dois negros. Na próxima legislatura serão três pretos — Major Jaime (PP), Paolla Miguel (PT) e Guida Calixto — e três pardos: Permínio Monteiro (PL), Fernando Mendes (Republicanos) e Igor do Campo Grande (Republicanos). Pemínio e Fernando Mendes foram reeleitos no domingo.
Agenda
O candidato a prefeito Rafa Zimbaldi (PL) tirou os dois últimos dias para agradecimentos aos apoios recebidos no primeiro turno e reuniões e encontros para discutir estratégias para o segundo turno, e retoma hoje a campanha nas ruas. Às 16h30 ele visita um centro de saúde e às 18h faz caminhada. A assessoria do candidato não informou os locais.
Apoio
O Patriota vai com Rafa no segundo turno. Primeiro partido a fechar com ele, a legenda concorreu no primeiro turno, com Wilson Matos. O apoio do Patriota ocorre, segundo Matos, porque o candidato assumiu compromissos de executar os projetos que ele defendeu na campanha.
Caminhos
O presidente do PV, Rogério Menezes, disse ontem, ao divulgar o apoio da legenda a Dario, que, no segundo turno, existem dois caminhos bem distintos e um deles, afirmou, leva para um futuro com políticas de meio ambiente fortalecidas. "Por acreditar nisso, o PV vai votar no Dário", disse.
Transição
Terminado o primeiro turno, candidatos a prefeito eleitos preparam a transição de governo, onde recebem informações dos atuais prefeitos e preparam planos de ações para o primeiro mês de governo. Nas cidades de Pedreira, Paulínia, Morungaba, Jaguariúna, Sumaré, Indaiatuba e Hortolândia não haverá transição. É que os prefeitos foram reeleitos.
Recurso
O desembargador do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Paulo Galizia, julgou prejudicado o recurso impetrado pelo candidato do PDT, Hélio de Oliveira Santos, à decisão de indeferimento do registro da candidatura, em ação do PMN e do Ministério Público. É que, como ele não chegou ao segundo turno, não há porque julgar o recurso.
Sem atalhos
O depurado federal Alexis Fonteyne (Novo), que tem base eleitoral em Campinas, disse que quando "pedimos atalhos e não reformas estruturais, só vamos adiando a solução dos nossos problemas".
Suspensão de precatórios
A expectativa da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), presidida pelo prefeito Jonas Donizette, é de que, nas próximas semanas, a ação que trata da suspensão do pagamento de precatórios até a implementação da linha de crédito especial pela União (ADO 58), seja movimentada pelo ministro Dias Toffoli, relator da ação no STF. Prefeitos avaliam perigo na demora na suspensão dos pagamentos, por causa da situação fiscal dos municípios. Os prefeitos estimam impacto de aproximadamente R$ 250 milhões em precatórios, apenas neste ano.
Maria Teresa Costa, jornalista.

Escrito por:

Maria Teresa Costa