Publicado 27/11/2020 - 09h13 - Atualizado 27/11/2020 - 09h14

Por Gilson Rei/AAN

Equipe é detida pela Polícia Militar por panfletagem irregular

Reprodução

Equipe é detida pela Polícia Militar por panfletagem irregular

Uma equipe de campanha de Rafa Zimbaldi (PL) foi conduzida pela Polícia Militar (PM) nesta quinta-feira (26) por distribuição de panfletos no Centro e no distrito de Barão Geraldo com denúncias contra Dario Saadi (Republicanos). Ao todo, 500 panfletos foram apreendidos. O material continha informações que já tinham sido proibidas pela Justiça Eleitoral de Campinas e não foram comprovadas.
Um Termo de Declaração foi lavrado também na Polícia Federal (PF) e será encaminhado ao Delegado da PF e ao juiz da Justiça Eleitoral para avaliação dos fatos.
Os integrantes foram encaminhados para depoimento no 1º Distrito Policial. Os policiais receberam denúncia de distribuição de material que a Justiça Eleitoral de Campinas já havia proibido a divulgação.
Aproximadamente 500 panfletos foram apreendidos porque divulgavam envolvimento de Dario em um caso em investigação sobre venda de testes de Covid-19, que não foi comprovado e que a Justiça Eleitoral de Campinas deu liminar proibindo a divulgação. Ninguém foi detido e o caso deverá ser avaliado nos próximos dias pela PF e pela Justiça Eleitoral.

Escrito por:

Gilson Rei/AAN