Publicado 27/11/2020 - 07h32 - Atualizado 27/11/2020 - 07h32

Por Gilson Rei

Funcionários trabalham para finalizar a decoração da árvore no Centro

Matheus Pereira/AAN

Funcionários trabalham para finalizar a decoração da árvore no Centro

Árvores de Natal serão inauguradas hoje, no Centro de Campinas, pela Associação Comercial e Industrial de Campinas (Acic). A decoração natalina não contará neste ano com o Palácio do Papai Noel, em virtude da pandemia de coronavírus e da necessidade de evitar aglomerações.
As duas árvores de Natal acolherão a população a partir de hoje — dia da Black Friday, que prevê abertura do comércio em horário especial, das 8h às 22h. Ornamentadas com festão, bolas coloridas, lâmpadas de LED, pinhas naturais, anjos dourados, sino, ponteira de estrela de luz e outros elementos decorativos, as árvores estão instaladas em dois pontos de intenso fluxo de pedestres.
Uma delas, com seis metros de altura por quatro de diâmetro, ficará na Praça Rui Barbosa (atrás da Catedral). A outra árvore, com quatro metros de altura, está no final da Rua 13 de Maio. Na Praça Rui Barbosa, diariamente, em horários pré-definidos, haverá lançamento de neve artificial. As duas atrações permanecerão até o dia 26 de dezembro.
Adriana Flosi, presidente da Acic, disse que a entidade não poderia deixar de comemorar o Natal, já que a data é uma das mais importantes para o comércio. "No entanto, somos conscientes do nosso papel junto à sociedade e não é recomendável, nesse momento, realizar ações que gerem aglomeração, como o Palácio do Papai Noel, que anualmente instalamos como atração para os consumidores", disse.
A decoração das árvores tem como meta manter o "espírito de Natal". "Optamos por atrações, como as árvores de Natal, que as pessoas possam admirar quando circularem pela principal via do comércio central. Além disso, o Natal nos traz a esperança de recuperar pelo menos parte das perdas que tivemos ao longo de 2020", explicou.

Escrito por:

Gilson Rei