Publicado 08/11/2020 - 06h00 - Atualizado 06/11/2020 - 15h09

Por Do Correio

Quércia observa planta da Cohab

Reprodução

Quércia observa planta da Cohab

COHAB VAI CONSTRUIR AGORA OS APARTAMENTOS
A Prefeitura Municipal de Campinas, através da Companhia de Habitação Popular, autarquia municipal, deverá iniciar dentro de alguns dias a construção de mais um núcleo de casas populares em Campinas. Trata-se do núcleo Júlio de Mesquita Filho, a ser edificado no bairro de São Bernardo. Trata-se de um núcleo que difere totalmente das já existentes na cidade, pois as unidades habitacionais serão em forma de apartamentos. Haverá blocos com quatro, oito e 12 apartamentos, todos eles com dois quartos e demais dependências. O terreno onde será localizado o núcleo -Júlio de Mesquita Filho, localiza-se num dos melhores pontos da cidade distante do centro pouco menos de cinco minutos. Conta com Colégio, Grupos Escolares, Parque Infantil e Praças de esportes nas suas proximidades, além de todos os melhoramentos urbanos.
 
VIRACOPOS-SÃO PAULO EM TREM DE VELOCIDADE
Como se estuda na Secretaria dos Transportes com o Rio de Janeiro, através de comboios de alta velocidade e que seriam introduzidos por uma firma japonesa, idênticos a existentes no Japão, essa inovação bem poderia ser objeto de estudos para uma comunicação, também, do Aeroporto Internacional de Viracopos à Capital, o que encurtaria distâncias. Foi assim pensando e dentro dessa justificativa que o vereador dr. José Fernando Lazzarini apresentou um requerimento no sentido de se oficiar ao dr. Firmino Rocha de Freitas, secretário dos Transportes, pleiteando que se estudasse o assunto. Requerimento deverá entrar, amanhã, como primeiro item da ordem do dia.
 
EX-PRESOS POLÍTICOS EXPULSOS DA SUIÇA
Três ex-presos políticos brasileiros que vieram a Suíça para informar sobre as condições do regime militar brasileiro, receberam hoje ordem para deixar o país no prazo de 24 horas. Um comunicado oficial diz que os brasileiros são indesejáveis porque consideram "o uso da violência e o sequestro de pessoas e de aviões, meios legítimos, no propósito de impor seus próprios objetivos políticos." Os três figuravam entre os 40 presos políticos libertados e enviados a Argélia no último verão, em troca do embaixador alemão Ehrenfried Von Holleben, sequestrado.

Escrito por:

Do Correio