Publicado 27/11/2020 - 16h16 - Atualizado 27/11/2020 - 16h16

Por AFP


Um total de 45 pessoas foram presas como parte de uma operação internacional contra uma rede criminosa que enviava toneladas de cocaína do Brasil para a Europa, anunciou a agência policial europeia (Europol) nesta sexta-feira (27).

Mais de 52 toneladas de cocaína foram apreendidas pelas forças de segurança ao longo desta investigação realizada em três continentes, informou a Europol em um comunicado.

Cerca de 1.000 policiais participaram em cerca de 180 registros de endereços de diferentes países, o que resultou na prisão de 45 pessoas: 38 no Brasil, quatro na Bélgica, duas nos Emirados Árabes Unidos e uma na Espanha.

"A investigação revelou que esta rede de tráfico de drogas era responsável pela importação anual de pelo menos 45 toneladas de cocaína nos principais portos marítimos europeus, com lucros superiores a 100 milhões de euros (120 milhões de dólares) em um período de seis meses", informou a Europol, que comandou a operação.

A polícia também apreendeu veículos de luxo, aviões e casas, principalmente no Brasil e na Espanha, assim como cerca de 12 milhões de euros (aproximadamente 15 milhões de dólares) em dinheiro vivo em Portugal, completou a agência, com sede em Haia, na Holanda.

Segundo a Europol, a rede criminosa teria contato com os principais cartéis de drogas no Brasil e em outros países da América do Sul, que se encarregavam da preparação e do envio da cocaína, transportada para a Europa através de contêineres marítimos.

smt/avz/eg/gf/mvv

Escrito por:

AFP