Publicado 15/10/2020 - 07h19 - Atualizado 15/10/2020 - 07h19

Por Maria Teresa Costa


Com pouco espaço de campanha no rádio e na TV, dois candidatos a prefeito de Campinas resolveram trabalhar com as armas que têm. Edson Dorta (PCO) e Wilson Matos (Patriotas) surpreenderam ontem ao fazerem um debate entre eles, em plena 13 de Maio. Os dois colocaram cadeiras no meio da rua e começaram a discutir os programas de governo de cada um. O “debate” começou pouco antes das cinco da tarde e acabou atraindo a atenção de muita gente que saía do trabalho.
Confirmados
O juiz da 33ª zona eleitoral de Campinas, Fabio Hillal, deferiu ontem os pedidos de registros de candidaturas para sete partidos. Tiveram os registros confirmados, a coligação PTPSOL, para os cargos de prefeitos e vice. O mesmo aconteceu com o PSTU, Partido Comunista do Brasil, PMN (Partido da Mobilização Nacional), Partido Verde (PV) e o PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro). Ao Patriotas, o registro de candidatos a vereador.
Promotoria
A Promotoria de Justiça de Habitação enviou ofício à Assembleia Legislativa e fez um alerta em relação ao projeto 529, que entre outras coisas prevê a extinção da CDHU. Para os membros do MP, se o projeto for mantido como foi aprovado, “poderá resultar em potenciais e irreparáveis prejuízos para o atendimento prestado à população paulista no campo habitacional”.
Pauta Verde
Em um ano marcado por extremos no clima — a temperatura chegou a recordes de 40º na cidade — a Câmara de Campinas deve votar na sessão remota de hoje algumas pautas voltadas ao meio ambiente.
Queimadas
Encaminhado ao Legislativo no dia 23 de setembro, o plenário da Câmara vota hoje a proposta do Executivo que prevê a proibição de queimadas em Campinas. O projeto estabelece procedimentos para conscientização, prevenção e fiscalização.
Multa pesada
Permite, por exemplo, a aplicação de multas com base no local da ocorrência das queimadas e define valores. Para a zona rural, proíbe o uso de fogo para fins de limpeza ou preparo do solo, inclusive para o plantio ou colheita. A multa é de R$ 18 mil por hectare queimado.
Queima urbana
Fica também proibida a queima de lixo, mato, ou qualquer outro material orgânico ou inorgânico na zona urbana. Neste caso, a multa vai de 200 UFICs (R$ 723,22) a 500 Ufics (R$ 1.808,05) para os resíduos domiciliares e 1.000 Ufics (R$ 3.616,10) para os comerciais ou industriais.
Clima
Os vereadores votam, ainda, o projeto do Executivo que institui a Política Municipal de Enfrentamento dos Impactos da Mudança do Clima e da Poluição Atmosférica de Campinas.
Jardins
Por fim, tem ainda, o projeto do vereador Carmo Luiz (PSC), que institui na cidade o programa de incentivo à implantação de jardins verticais, como forma de estimular o verde.
Prorroga
Câmara de Campinas determinou a prorrogação das medidas de proteção por conta da pandemia do novo coronavírus. Válidas até 15 de outubro, as medidas foram estendidas até 29 deste mês. Assim, a Casa permanece fechada ao público. Também continuam suspensas as reuniões ordinárias presenciais, inclusive das Comissões Permanentes da Casa. Os parlamentares, no entanto, seguem analisando e votando os projetos em reuniões extraordinárias realizadas por teleconferência. Os servidores estão em regime de teletrabalho.
Maria Teresa Costa, jornalista.

Escrito por:

Maria Teresa Costa