Publicado 10/10/2020 - 07h30 - Atualizado 10/10/2020 - 07h30

Por Maria Teresa Costa


Os candidatos a prefeito de Campinas irão novamente às ruas hoje para contato com a população em vários bairros da cidade e dividirão o tempo com reuniões com as equipes de campanha e gravações para os programas do horário eleitoral gratuito de rádio e TV. Alguns vão circular pelos bairros situados depois da Anhanguera, onde se concentram as maiores carências da cidade. Essa população é sempre lembrada por candidatos em períodos eleitorais.
Propaganda irregular
A Justiça Eleitoral de Campinas recebeu denúncia de Raul Pardinho (PSOL), candidato a vereador, contra o candidato a prefeito Wilson Matos (Patriota), de propaganda política irregular. É que ele está em um outdoor na Avenida Barão de Itapura com propaganda de um livro. Fazer campanha em outdoor é proibido. A campanha do candidato informou que a propaganda foi contratada para o período de 17 a 30 de agosto, mas a empresa não retirou e que a área jurídica já foi contatada.
Renúncia
A Justiça Eleitoral registrou a primeira baixa entre os candidatos a vereador de Campinas. Albano Araújo (PSL) encaminhou documentação renunciando à candidatura. No documento, ele alega motivos de foro íntimo. Assim, 941 candidatos seguem aguardando deferimento do registro.
Horário eleitoral
Atraso na entrega do material para o horário gratuito da propaganda eleitoral de rádio e TV deixou a delegada Teresinha (PTB) fora da programação do primeiro dia da campanha veiculada pelas emissoras. O problema, segunda a campanha, foi resolvido e ela entraria na programação à noite para falar de suas propostas de governo.
Mapa
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou o mapa de documentação de partido e coligação dos candidatos a prefeito em Campinas e metade dos 14 candidatos entregaram todos os documentos exigidos para o registro da candidatura.
Mulheres
O Republicanos de Nova Odessa foi intimado pela Justiça Eleitoral a regularizar sua chapa de candidatos a vereadores porque não cumpriu o mínimo legal de participação de mulheres na disputa. O partido tem como candidato a prefeito Nivaldo Luís Rodrigues e informou que já trata de regularizar a situação.
Pesquisa
A coluna publicou ontem a pesquisa do Instituto Paraná sobre a intenção de votos para prefeito em Campinas, mas acabou, involuntariamente, excluindo a posição do candidato Rogério Menezes (PV). Nessa pesquisa ele aparece com 0,9% das intenções de voto.
Revoga
O presidente da Câmara, Marcos Bernardelli (PSDB), revogou dois atos, um de 1999 e outro de 2007, que concedeu gratificação por trabalho técnico e gratificação de gabinete a um servidor aposentado. Por enquanto ele não terá que revolver os recursos das gratificações porque, a princípio não houve dolo do servidor, mas a Procuradoria da Câmara está analisando.
Aumento da frota
O prefeito Jonas Donizette (PSB) disse ontem que vai aumentar a frota de ônibus nos horários de pico, com o ingresso de Campinas na fase verde do Plano SP, que amplia para 60% a capacidade de atendimento dos setores comerciais. O transporte tem sido gerador de aglomerações, especialmente nos horários de pico, o que é proibido pelas regras sanitárias adotadas na pandemia. Usuários têm reclamando bastante. Mas continua valendo a exigência de uso de máscara para em embarcar.
Maria Teresa Costa, jornalista

Escrito por:

Maria Teresa Costa