Publicado 31 de Outubro de 2020 - 10h20

Por Da Agência Anhanguera

O quadrijato Ilyushin IL-76 cargueiro é operado pela companhia de bandeira russa Volga-Dnper Airlines: mais de 46m de comprimento

Divulgação

O quadrijato Ilyushin IL-76 cargueiro é operado pela companhia de bandeira russa Volga-Dnper Airlines: mais de 46m de comprimento

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, receb</IP>eu ontem a visita de um gigante cargueiro raro: o quadrijato Ilyushin IL-76, uma aeronave projetada ainda na época da União Soviética em meados dos anos 1960. O avião veio realizar uma operação de exportação de uma peça de quase seis toneladas com destino a Trinidad e Tobago.  

Com 46,59 metros de comprimento e 50,50 metros de envergadura, o avião pousou às 14h11 de ontem na pista do aeroporto, já acostumado a receber grandes aeronaves de todas as partes do mundo. cargueiro é operado pela companhia de bandeira russa Volga-Dnper Airlines e tem decolagem prevista para às 5h de hoje. A aeronave veio de Bridgetown (BGI), capital de Barbados, e segue para o aeroporto de Port of Spain, capital de Trinidad e Tobago. O cargueiro soviético veio ao Brasil buscar uma peça que será usada em operações em bases para extração de petróleo no mar.  

Além do gigante Ilyushin IL-76, Viracopos já recebeu neste ano duas vezes o avião Antonov,124 considerado a maior avião do mundo por um longo tempo, isto antes da chegada do Antonov 225, que também já pousou em Viracopos, no ano de 2016. 

Escrito por:

Da Agência Anhanguera