Publicado 28/10/2020 - 08h03 - Atualizado 28/10/2020 - 08h03

Por Da Agência Anhanguera

A Concha Acústica do Taquaral foi palco para grandes apresentações da Orquestra Sinfônica sob a regência do maestro Benito Juarez

Cedoc/RAC

A Concha Acústica do Taquaral foi palco para grandes apresentações da Orquestra Sinfônica sob a regência do maestro Benito Juarez

Considerado um dos mais importantes equipamentos culturais de Campinas, a Concha Acústica da Lagoa do Taquaral ganhou um nome. Foi sancionada ontem pelo prefeito Jonas Donizette (PSB) a lei que dá à Concha Acústica o nome de Maestro Benito Juarez — morto no dia 3 de agosto deste ano, aos 86 anos.
Regente plural, irreverente, criativo, Benito Juarez (1936-2020) comandou a Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas por 25 anos, de 1975 a 2000, conquistando diferentes públicos pela diversidade de repertórios, que transitaram entre o erudito e o popular, com maestria e excelência.
Com a Sinfônica de Campinas, levou a sonoridade peculiar do coletivo para os quatro cantos do País, obtendo reconhecimento nacional e internacional. Um dos momentos emblemáticos da trajetória foi o histórico concerto em favor das Eleições Diretas Já, em 1984.
Sob a batuta de Benito Juarez, a Orquestra campineira foi a primeira a receber o grande prêmio pela Associação Paulista dos Críticos de Arte e o prêmio Qualidade Brasil - Sudeste Paulista.
Ainda em Campinas, no início dos anos 1970, o maestro fundou o Departamento de Música da Unicamp e sua Orquestra Sinfônica. Em 2008, ganhou o prêmio Melhor Projeto Musical Erudito.
Em 2019, no programa comemorativo dos 90 anos da Sinfônica de Campinas, foi homenageado com a Medalha "90 anos OSMC", entregue, na ocasião, ao seu filho André Juarez, durante emocionante concerto ao ar livre na Concha Acústica do Taquaral.
O espaço
A Concha Acústica do Taquaral foi inaugurada em 1976. O projeto é uma réplica da concha do Lincoln Park, em Nova Iorque (EUA). O Auditório Beethoven possui um palco de 140 m² de extensão e a concha como um todo tem 14m de altura. A Concha Acústica tem capacidade para receber até duas mil pessoas.
Nos últimos anos, o local passou por duas reformas. A maior, em 2013, incluiu troca do piso do palco, reestruturação da iluminação, recuperação do concreto e das arquibancadas e construção de rampas para acessibilidade, entre outros. Em 2018 houve novas intervenções estéticas.

Escrito por:

Da Agência Anhanguera