Publicado 16/09/2020 - 10h07 - Atualizado 16/09/2020 - 13h32

Por Maria Teresa Costa


Divulgação

Após o PSDB decidir deixar a aliança que mantém com o governo de Jonas Donizette (PSDB) e levar seu apoio ao ex-aliado do prefeito, o deputado Rafa Zimbaldi (PL), os demais partidos que concorrerão com chapa majoritária passaram a fazer análises sobre o impacto que a vice de Rafa, Anna Beatriz Sampaio, a Annabe, mulher do deputado Carlos Sampaio e articulador da coligação, terá na intenção de votos dos eleitores.
Prós e contras
Os aliados de Rafa avaliam como uma tacada de mestre ter o PSDB como vice na chapa. Já os demais têm dúvidas se o PSDB, que não vence uma eleição a prefeito desde o governo de Magalhães Teixeira -- Carlos Sampaio disputou a Prefeitura em 2000, 2004 e 2008 e não foi eleito, mas ganhou cinco eleições a deputado federal - estaria com essa bola toda.
Convenção
Os tucanos fazem convenção hoje para referendar o apoio do partido à candidatura de Rafa Zimbaldi e homologar a indicação de Ana Beatriz Sampaio a vice na chapa, além de definir a chapa de vereadores.
Exonerações
Com a decisão de apoiar Rafa Zimbaldi, três secretários (de Segurança, Controle e Gestão e Esportes) e o presidente da Ceasa, indicados do PSDB no governo Jonas, deixaram os cargos. O Diário Oficial trouxe, além dos quatro, mais 14 exonerações de assessores na Prefeitura. Na Informática dos Municípios Associados (IMA) dois foram demitidos e outras exonerações ainda virão nas autarquias e empresas municipais.
O secretário executivo do Gabinete do Prefeito, Christiano Biggi Dias, assume a Secretaria de Segurança; a diretora na Secretaria de Gestão e Controle Izilda Stoqui assume o comando da pasta e Fernando Vanin, diretor de Esportes, assume a Secretaria de Esporte e Lazer. Valter Greve, ex-presidente do DEM, assume a presidência da Ceasa.
Indecisão
Apesar de trabalhar para que a aliança com o PSDB fosse mantida nas eleições de outubro, o prefeito Jonas Donizette já não vinha mais contando com isso, pelo tempo em que o partido demorou a decidir.
Sem oposição
A bancada do PSDB na Câmara de Campinas vai continuar integrando a base de apoio do prefeito Jonas Donizette até o final do mandato. Eles entendem que a decisão do partido de deixar a aliança tem como foco a eleição de novembro apenas. Os três vereadores (Marcos Bernardelli, Luiz Cirilo e Jorge da Farmácia) defendiam a manutenção da coligação que vem desde 2012.
Patriota
O empresário Wilson Matos foi oficializado ontem, em convenção, candidato do Patriota a prefeito de Campinas nas eleições deste, e Márcia Padovani será a vice na chapa. O Patriota concorrerá a cadeiras na Câmara com 22 candidatos.
PTB
O partido oficializou a candidatura à prefeita de Delegada Terezinha, mas segue sem um nome para vice. A legenda vai concorrer com 48 candidatos ao Legislativo.
Paulínia
PT e PCdoB de Paulínia seguirão juntos na eleição de novembro. O presidente do diretório petista, Edson Thomaz Martins é o candidato a prefeito e o jornalista Joel Lopes, a vice.
Barragem
A vereadora Mariana Conti (PSOL) convocou hoje, às 15 horas, debate público por meio de Sistema de Deliberação Remota, para discutir sobre os impactos socioambientais ocasionados pela construção da barragem no rio Atibaia e as consequências na vida da comunidade local.

Escrito por:

Maria Teresa Costa