Publicado 17/09/2020 - 16h28 - Atualizado // - h

Por Estadão Conteúdo


Divulgação

O Instituto Tomie Ohtake e o artista Brunner criaram um roteiro em áudio para guiar ouvintes pelos locais históricos da cidade de São Paulo sem sair de casa durante a pandemia.

Todos os anos, o Instituto Tomie Ohtake prepara um roteiro em áudio da cidade, voltado especialmente para deficientes visuais. Este ano, em meio à quarentena imposta pela pandemia da covid-19, a ação Ouvir para Ver a Cidade será um pouco diferente

A partir de 20 de setembro, o roteiro em áudio Deriva da Luz Vermelha, criado em parceria com Brunner, poderá ser acessado por qualquer pessoa de casa. Brunner tem uma extensa pesquisa sobre a região da Luz, e leva esse cenário para os ouvintes.

O roteiro temático é inspirado em um espetáculo de mesmo nome de Brunner, exibido no ano passado e que convidou o público a conhecer lugares icônicos da violência estatal do período da ditadura, como o antigo prédio do Dops, hoje um centro cultural, a região da Boca do Lixo, o antigo presídio Tiradentes, entre outros cenários históricos.

Além da ação, uma live será realizada para debater o roteiro na próxima quinta-feira, 24, transmitida pelas contas do Facebook e YouTube do Instituto Tomie Ohtake.

Escrito por:

Estadão Conteúdo