Publicado 18/09/2020 - 11h19 - Atualizado 19/09/2020 - 11h41

Por Maria Teresa Costa


Leandro Ferreira / AAN

Os buffets infantis poderão retomar as atividades, com regras, a partir de 7 de outubro, anunciou hoje o prefeito Jonas Donizette. A atividade está incluída na categoria de eventos, que já estava autorizada a funcionar desde 5 de setembro. Em Campinas, a abertura dos buffets infantis foi adiada para avaliação do risco de contaminação que as crianças poderiam estar submetidas.
A retomada no início de outubro vai beneficiar os 67 buffets infantis existentes na cidade, que geram 2,3 mil empregos diretos e uma cadeia produtiva do setor com 300 empresas que geram 4 mil empregos indiretos.
O funcionamento seguirá as regras da fase amarela do Plano SP para os eventos. Poderão funcionar por 8 horas diárias, seguidas ou fracionadas, e respeitar a ocupação máxima de 40% da capacidade do estabelecimento, além da adoção dos protocolos sanitários. Os buffets terão que obter o certificado de estabelecimento responsável no site da Prefeitura.
“O setor está esperando há muito tempo a retomada e peço a corresponsabilidade de vocês e todo cuidado na realização dos eventos infantis”, disse Jonas.

Escrito por:

Maria Teresa Costa