Publicado 30/08/2020 - 06h00 - Atualizado 28/08/2020 - 14h57

Por Do Correio

Comissão do concurso de frases

Reprodução

Comissão do concurso de frases

EIS A FRASE ESCOLHIDA NO GRANDE CONCURSO
Alcançou plenamente suas finalidades o Concurso "Ofereça Uma Frase ao Brasil na Semana da Pátria", promoção do CORREIO POPULAR, do SESC e do Ministério do Trabalho, desejosos de motivar a nossa Comunidade para um momento cívico e amor à terra comum. Na tarde de ontem, na redação deste Jornal, foram examinadas mais de 1.300 frases. A Comissão Julgadora foi constituida pelo professor Rubens Costa, titular da Divisão Regional de Educação; Haroldo Bretas Prado, representando o Ministério do Trabalho e da Previdencia Social; Gustavo Orsolini, pelos Rotarys Clubes de Campinas; Zaequiel Magalhães, pelos Lions Clubes; Romeu Ceravolo, titular da Delegacia do Ensino Básico; Flavio da Silva Fernandes, diretor do SESC e Luiz Gonzaga Horta Lisbôa, diretor de redação do "Correio Popular". Então, findos os trabalhos, foram consideradas vencedoras as seguintes frases e respectivos autores: 1.o lugar, absoluta - "O Brasil, Irmão, Somos Nós". De Jorge Guerra de Aguiar Zink, estudante, 16 anos e 2.o "Brasil - Esperança e Certeza". Oliveiros Lana Borges, funcionario público federal.
 
BRASIL NÃO CEDE NA REUNIÃO SOBRE O CAFÉ
Nenhum contingente de exportação será votado para o próximo ano cafeeiro se o Brasil não fizer uma concessão no último minuto, estimava-se hoje unanimemente nos meios do Conselho Internacional do Café. Poucas horas antes da reunião do Comitê Executivo e após uma noite passada em discussões vãs, o pessimismo se havia apoderado dos participantes. Em meios chegados a muitas delegações sul-americanas e centro-americanas, assim como entre os produtores africanos, se atribuía intransigência do Brasil, a responsabilidade do provável fracasso da negociação de Londres.
 
VIETCONG AUMENTA ATAQUE À CAPITAL DO CAMBODJA
A capital cambodjiana é atacada em diversos pontos imediatos, de forma intermitente, pelas tropas inimigas, segundo informam os porta-vozes oficiais. Depois de dois dias de calma, ontem, desde às 22 horas locais, uma posição situada a 10 quilometros ao leste de Phnom Penh, próximo da aldeia de Moat Krasas Krao, foi atacada, muito violentamente, durando o combate toda a noite. Necessitou-se da intervenção da Marinha e da Aviação para rechaçar o assalto e hoje pela manhã ouviam se ainda disparos enquanto que desde Phnom Penh eram enviados reforços.

Escrito por:

Do Correio