Publicado 26/08/2020 - 06h00 - Atualizado 25/08/2020 - 15h15

Por Do Correio

Aspecto do Juramento à Bandeira

Reprodução

Aspecto do Juramento à Bandeira

SEMANA DO EXÉRCITO ENCERRA COM JURAMENTO
Com a realização de solenidades especiais, no pateo externo da Escola Preparatória de Cadetes do Exército de Campinas, foram encerradas ontem, nesta cidade, as comemorações alusivas à Semana do Exército, comemorada em todo o Território Nacional. A cerimônia foi iniciada exatamente às 10 horas, com os coronéis Milton Paulo Teixeira Rosa e Virgílio, respectivamente comandante e sub-comandante daquele estabelecimento de ensino militar passando em revista a tropa formada, após o que foi levado a efeito o ato de recebimento da Bandeira pela nova turma da EsPCEx, com os compromitentes dando entrada no local das solenidades. Falando na oportunidade o coronel Milton Paulo Teixeira Rosa batizou a nova turma com o nome de "31 de Março", data em que ocorreu a Revolução Brasileira.
 
NO PARANÁ A MAIOR REPRESA HIDROELÉTRICA DO MUNDO
O Paraguai e o Brasil chegaram a um acordo para construir em sua fronteira sobre o Rio Paraná, a maior represa hidroelétrica do mundo com capital norte-americano. A obra, que custará ao redor de um bilhão de dólares, gerará uns dez milhões de quilowatts de eletricidade, suficiente para cobrir as demandas do Brasil e garantir sua provisão o mercado paraguaio durante cinquenta anos. Assim transcendeu autorizadamente ontem aqui, como conclusão fundamental das gestões que estiveram desenvolvendo com autoridades paraguaias, o presidente da Empresa Estatal Brasileira de Eletricidade, Eletrobras, Mario Penna Bhering e altos executivos da mesma.
 
EM MONTEVIDÉU: PACHECO ATACA TUPAMAROS
O presidente uruguaio Jorge Pacheco condenou energicamente "a ação intolerável de uma minoria violenta, ajustada a nível internacional" ao referir-se hoje à "dura batalha" de seu govêrno, contra os guerrilheiros Tupamaros. Em uma alocução pronunciada este meio-dia perante o Corpo Diplomático completo, por motivo da celebração do 145.o aniversário da Independência do Uruguai, o primeiro mandatário reiterou que usará "sem vacilações todos os meios e toda a força do Poder Constitucional para responder a agressão guerrilheira".

Escrito por:

Do Correio