Publicado 16/07/2020 - 16h05 - Atualizado 16/07/2020 - 16h05

Por Gustavo Magnusson/Da Agência Anhanguera

Mateus Anderson

Ponte Preta / Divulgação

Mateus Anderson

A Ponte Preta rescindiu o contrato do atacante Mateus Anderson após oito jogos disputados e nenhum gol marcado neste ano. Foram seis partidas pelo Campeonato Paulista e duas pela Copa do Brasil, todas elas saindo do banco de reservas.
Em dezembro do ano passado, Mateus Anderson havia firmado vínculo com a Macaca até o fim de 2021, após disputar a reta final da última Série B do Brasileiro pelo Cuiabá, emprestado pelo Vila Nova.
"A Ponte Preta agradece ao atleta pelos bons serviços prestados e deseja sucesso a ele nos próximos desafios profissionais", diz o clube em nota oficial. O destino de Mateus Anderson será o Paysandu, que se prepara para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série C.
Fora dos planos da comissão técnica, Mateus Anderson é o segundo jogador que não faz mais parte do elenco da Ponte Preta desde que o futebol paulista foi paralisado. O clube já não havia chegado a um acordo de renovação de contrato com o atacante Felipe Saraiva, cujo vínculo com o clube alvinegro se encerrou no último dia 27 de junho, cinco dias antes da retomada dos treinamentos presenciais.
Com as baixas confirmadas dos atacantes Mateus Anderson e Felipe Saraiva, o técnico João Brigatti passa a contar como opções para o setor ofensivo com Safira, Roger, Bruno Rodrigues, João Veras e Apodi, além dos recém-contratados Osman e Moisés, que vai se juntar ao grupo somente a partir de 20 de julho, quando encerra a sua participação no Campeonato Catarinense pelo Concórdia. Ao longo dos próximos dias, a Ponte Preta deve promover mais chegadas e saídas na reformulação do elenco visando à volta do Campeonato Paulista e o início da disputa da Série B do Brasileiro. (Gustavo Magnusson/Da Agência Anhanguera

Escrito por:

Gustavo Magnusson/Da Agência Anhanguera