Publicado 31/07/2020 - 09h54 - Atualizado 31/07/2020 - 09h54

Por Da Agência Anhanguera

Até o dia 30 de setembro, os restaurantes vão permanecer atendendo gratuitamente as pessoas devidamente cadastradas pelos municípios

Cedoc/RAC

Até o dia 30 de setembro, os restaurantes vão permanecer atendendo gratuitamente as pessoas devidamente cadastradas pelos municípios

A Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo anunciou ontem a prorrogação da gratuidade na rede Bom Prato para a população em situação de rua, visando garantir a segurança alimentar desse público durante a pandemia da Covid-19. Até o dia 30 de setembro, os restaurantes vão permanecer atendendo gratuitamente as pessoas devidamente cadastradas pelos municípios.
Até o momento, foram distribuídas 10 milhões de refeições para viagem na rede Bom Prato, sendo mais de 1,3 milhão de cafés da manhã, 7,1 milhões de almoços e 1,6 milhão de jantares. As unidades que mais distribuíram foram: Campos Elíseos, Campinas, Santo Amaro, Brás, Santana, Ribeirão Preto, Lapa, São Mateus, Jundiaí e Taubaté. 
Desde o início de abril, os 59 restaurantes Bom Prato passaram por rápidas adaptações com o intuito de servir as refeições para viagem, em embalagens e com talheres descartáveis. O horário de atendimento também foi ampliado para evitar aglomerações, sendo os cafés da manhã das 7h às 9h, almoços das 10h às 15h e jantares das 17h30 às 19h, ou enquanto houver refeições disponíveis. Todas as equipes das unidades estão reforçando constantemente as orientações de prevenção, disponibilizando lixeiras nas calçadas.

Escrito por:

Da Agência Anhanguera