Publicado 12/07/2020 - 06h00 - Atualizado 10/07/2020 - 15h30

Por Do Correio

Sacada do edifício

Reprodução

Sacada do edifício "Santana"

NO CENTRO, O MAIOR POMBAL DO MUNDO
Campinas tem - sem saber - o maior pombal do mundo. Não é oficial, nem foi construído para isso, mas abriga mais de duas mil "famílias" em seus seis andares, dezenas de salas, janelas, sacadas, rachaduras e venezianas. É o edifício Santana, o primeiro "arranha-céu" da cidade, com seis andares, construído em 1935 na confluência das ruas Barão de Jaguara e César Bierrenbach. Há poucos anos, todo o conjunto foi evacuado, gradativamente, para dar lugar a uma reforma completa que até agora não foi feita. Antes disso, o prédio estava em franca decadência, interna e externa: paredes sujas, instalação elétrica deficiente, escadas com degraus quebrados e um elevador que não funcionava acabaram por esvaziar rapidamente todos os escritórios, alguns dêles funcionando ali desde a inauguração do "Santana".
 
PRIMEIRA USINA ATÔMICA BRASILEIRA EM 76
A primeira Usina Atômica Brasileira, que começará a funcionar em 1976, será alimentada com urânio retirado do solo brasileiro. Essa informação foi prestada pelo Diretor do Departamento de Exploração Mineral da Comissão de Energia Nuclear, sr. José Raimundo de Andrade Ramos, que adiantou que dentro de três anos a jazida de Poços de Caldas estará em condições de fornecer as 70 toneladas medias de urânio que uma usina atômica exige anualmente. Segundo o Diretor do DEM o urânio de Poços de Caldas custará cerca de dólares por libra, tendo portanto condições de competir no mercado internacional. Disse ainda o sr. Andrade Ramos que os geólogos brasileiros já perderam as esperanças de encontrar uma jazida de urânio na Bacia Sedimentar do Piauí-Maranhão.
 
NIXON E U'THANT EXAMINAM ORIENTE MÉDIO
O futuro das Nações Unidas e os problemas internacionais, especialmente a situação no Oriente Médio, constituíram os temas principais da entrevista que mantiveram ontem à tarde aqui, na Casa Branca, o presidente Nixon e U'Thant. A mesma estiveram presentes, durante um momento, Henry Kissinger (conselheiro de Nixon para assuntos exteriores), e o embaixador norte-americano nas Nações Unidas, Charles Yost. O primeiro mandatário norte-americano não havia conferenciado com U'Thant desde setembro último.

Escrito por:

Do Correio