Publicado 05/07/2020 - 06h00 - Atualizado 03/07/2020 - 15h19

Por Do Correio

Frágil ponte do Piçarrão

Reprodução

Frágil ponte do Piçarrão

CÓRREGO PIÇARRÃO, UM DESAFIO DE VINTE ANOS
Curso d'água de volume regular, extenso, atravessa três núcleos da semiperiferia: Vilas Industrial, Tupinambá e Saturno, densamente habitadas. Em ambas as margens, muitas casas. E moradores descrentes do Poder Público. Principalmente porque ali é o "bairro dos vereadores" (num raio de 800 metros moram três edis) e nem isso consegue fazer com que a situação melhore. Além da insalubridade natural do córrego, há os problemas secundários, consequências do próprio ribeirão: inundações na época das chuvas, e o perigo das pontes frágeis, único meio de conexão entre o bairro e o centro urbano. No decorrer dos muitos anos de administração pública em que se ventilou de diversas formas o problema, um dos argumentos básicos utilizados pelos que respondiam nas diversas épocas pelo patrimônio da cidade, era o de que o córrego do Piçarrão, está afeto a outra alçada, federal, que tem jurisdição também sobre os rios etc.
 
AVIÃO COM 40 PASSAGEIROS VAI PARA CUBA
Foi sequestrado esta manhã um avião da "Cruzeiro do Sul", que faz a linha Belém-Macapá. O aparelho esteve, em Caiena, reabastecendo-se, para seguir para Havana às 15 horas. O avião turbo-hélice pertencente à "Cruzeiro do Sul" saiu de Belém às seis horas, com destino a Macapá, com 54 passageiros. Quarenta minutos depois, o comandante comunicou à torre que seguia para Caiena, em virtude do aparelho ter sido sequestrado. As 9 horas, a companhia recebeu comunicação de que o avião havia pousado em Caiena, para reabastecimento.
 
CATÓLICOS E SOLDADOS TRAVAM LUTA VIOLENTA
Católicos de Belfast e dois mil soldados britânicos chocaram-se ontem a noite com maior violência do que nunca no bairro de Falis Road. Cinco civis pereceram, três dos quais, empunhando armas de fogo. Segundo o último relato, público esta manhã, pelo general Sirlan Freeland, comandante das Forças britânicas na Irlanda do Norte, 19 militares caíram feridos: 14 atingidos por disparos e cinco por artefatos explosivos. Os detidos somavam 287.

Escrito por:

Do Correio