Publicado 09/06/2020 - 06h00 - Atualizado 08/06/2020 - 14h45

Por Do Correio

Crinaças brincam no S. Bernardo

Reprodução

Crinaças brincam no S. Bernardo

MANHÃ DE RECREIO NO SÃO BERNARDO
Pela terceira vez, em oito meses, o SESC realizou em Campinas um programa especialmente dedicado à criança, em praça pública, procurando estimular atividades comunitárias de caráter sócio-recreativo. Domingo último, pela manhã, na praça 1.o de Maio, no bairro de São Bernardo, cêrca de 1.000 crianças, alunas do Grupo Escolar "José Maria Matozinho" e moradoras nas adjacências, entre 8,30 e 11,30 horas se reuniram, e, com a assistência de duas dezenas de pessoas, entre técnicos em recreação, professôras, voluntários e outros interessados e observadores, tomaram conta do local. Essa atividade, conhecida como "manhã de recreio", se constitui numa motivação que também se destina às famílias permitindo criar um espírito de grupo, maior sociabilidade, desenvolvimento de aptidões culturais e até mesmo, um processo de combate às inibições.
 
CABE AO GOVERNO OS MEIOS DE DEFESA
O deputado Adolfo de Oliveira, Secretario Geral do MDB, refutou hoje as criticas que lhe foram feitas a respeito da substituição do AI-5 e não a sua revogação pura e simples, afirmando que nunca defendeu a aceitação do Movimento Revolucionário. "O que reconheço - afirmou é o direito do Governo Revolucionário dispor dos instrumentos indispensáveis à sua própria sobrevivência". Admite o parlamentar que o AI-5 deveria ser inserido na Constituição, oferecendo ao Governo meios legítimos à sua defesa e sobrevivência.
 
JUNTA MILITAR DA ARGENTINA DEPÔS ONGANIA
O Presidente Ongania foi substituído pelos três comandantes chefes das Fôrças Armadas. A revolução argentina cumpriu seu primeiro ciclo de quatro anos, mas isto não significa de modo algum voltar às formas superadas que motivaram sua existência, afirmam no segundo comunicado os três comandantes-chefes que destituíram esta tarde o presidente Ongania. A junta dos três comandantes assumiu o poder político da República até que, dentro de um prazo de dez dias, seja designado o cidadão que assumirá as funções de Presidente da República. A seguir, o texto do segundo comunicado da junta de comandantes-chefes: "Face a necessidade de estabelecer uma autêntica democracia representativa, uma vez alcançadas no país as condições adequadas e considerando que o compromisso assumido pelas Forças Armadas perante o povo da República não admite regateios de qualquer espécie".

Escrito por:

Do Correio