Publicado 26/05/2020 - 09h41 - Atualizado 26/05/2020 - 09h41

Por Henrique Hein

A madrugada de ontem foi a segunda mais fria do ano em Campinas

Wagner Souza/AAN

A madrugada de ontem foi a segunda mais fria do ano em Campinas

A cidade de Campinas registrou ontem a segunda temperatura mais baixa do ano, segundo informações divulgadas pelo Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com base em dados capturados pelo Instituto Agronômico de Campinas (IAC). De acordo com o Cepagri, os termômetros do município marcaram 11,1 graus durante a madrugada de ontem. A temperatura mais baixa em 2020 foi de 10,7 graus, registrada no dia 11 de maio. Neste domingo, a cidade também havia registrado a menor máxima desde agosto do ano passado.
“A temperatura máxima ontem (domingo) foi de 16,9 graus. A última vez que tivemos temperatura tão ou mais baixa foi em 5 de agosto de 2019, com máxima de 13,5 graus”, explica Ana Ávila, pesquisadora do instituto, sobre a frente fria que chegou à região no final de semana, trazendo também chuvas no sábado.
Desde o último sábado, os municípios paulistas vêm enfrentando quedas constantes nas temperaturas em decorrência da chegada de uma massa de origem polar, que até sexta-feira atuava entre os estados de Santa Catarina e Paraná. No sábado, a temperatura em Campinas ficou entre 17 e 23 graus. No domingo, apesar do céu parcialmente nublado ao longo do dia, as temperaturas ficaram ainda mais baixas e não passaram dos 17 graus, conforme explicou a pesquisadora.
Ontem, os termômetros durante a tarde sequer ultrapassaram os vinte graus. Segundo o site ClimaTempo, para os próximos dias a massa ar frio que chegou em São Paulo permanecerá durante toda semana no Estrado. São esperadas noites e os começos de manhã muito frios, com temperaturas que podem ficar abaixo dos 10 graus durante as madrugadas em todas as regiões paulistas, pelo menos até a próxima sexta-feira. A expectativa é que os termômetros comecem a subir no próximo sábado, chegando aos 24 graus de máxima. Não há previsão de chuvas para os próximos dias.

Escrito por:

Henrique Hein