Publicado 05/04/2020 - 10h00 - Atualizado 03/04/2020 - 14h41

Por Luís Cesar de Souza Pinto

Grade exclusiva é um dos elementos que se destacam no visual da nova versão da picape Ford, que tem estilo que  mistura fora de estrada e esportividade

Divulgação

Grade exclusiva é um dos elementos que se destacam no visual da nova versão da picape Ford, que tem estilo que mistura fora de estrada e esportividade

Exibida no Salão do Automóvel de São Paulo, em 2008, como um modelo conceito, a Ranger Storm (tempestade, em português) chega agora de forma oficial ao mercado brasileiro. O lançamento da nova versão, como tem se tornado regra nesses dias de quarentena pela pandemia de coronavírus, foi realizado numa coletiva de imprensa transmitida através da internet. Com apelo visual radical e esportivo, a picape será vendida em configuração única, com motor 3.2 turbodiesel e câmbio automático de seis marchas, ao preço de R$ 150.990.
A grade dianteira com a logomarca 'Storm' em destaque é a assinatura visual da nova picape, personalizada também com faixas no capô e nas laterais, alargadores de paralamas, estribos, rodas e santantônio exclusivo, todos na cor preta, além de lanternas traseiras com lentes escurecidas, destacando a esportividade. Dois acessórios especiais – snorkel e capota marítima – serão oferecidos como cortesia aos 60 primeiros compradores da picape.
Por dentro, a Ranger Storm tem bancos de tecido, ar-condicionado digital de duas zonas, central multimídia Sync 3 com tela de 8 polegadas e painel configurável com duas telas de 4,2 polegadas . A lista de equipamentos de série da picape também inclui direção elétrica, faróis de neblina, sete airbags, câmera de ré e rodas de liga leve. A picape está disponível em sete cores: vermelho Bari, branco Ártico (sólidas), prata Geada (metálica), azul Belize, vermelho Toscana, cinza Moscou e preto Gales (perolizadas), sempre combinadas com acessórios na cor preta.
Recursos para enfrentar caminhos radicais
Desenvolvida para um público que deseja uma picape valente para enfrentar barro, lama e outros terrenos difíceis, mas que não está disposto a pagar por itens disponíveis na versão topo de linha Limited, a Ranger Storm traz conjunto mecânico que combina o motor 3.2 turbodiesel de 5 cilindros, 200 cavalos de potência e 47,9 kgfm de torque ao câmbio automático de seis marchas e tração 4x4.
 
De acordo com a Ford, o alto torque do motor, a eficiente tração 4x4, o diferencial traseiro blocante, além dos novos pneus (desenvolvidos exclusivamente pela Pirelli, com proposta de uso 60% fora de estrada e 40% em asfalto) permitem que a picape encare com facilidade todo tipo de terreno – quando equipada com snorkel ela pode transpor uma lâmina d'água de até 80 cm.
Para o desempenho da picape também contribuem os recursos de dirigibilidade e segurança. A Ranger Storm vem com o sistema AdvanceTrac, composto por controle eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, controle automático de descida, controle de oscilação de reboque, assistência de frenagem de emergência e luzes de emergência em frenagens bruscas, além de sistema anticapotamento e controle adaptativo de carga, exclusivos no segmento.
Como toda a linha 2020, o novo modelo tem um ajuste de suspensão que melhora a dirigibilidade e o conforto tanto no asfalto como fora de estrada. Sua caçamba comporta 1.040 quilos e capacidade máxima de tração de 5.950 quilos.

Escrito por:

Luís Cesar de Souza Pinto