Publicado 05/04/2020 - 16h53 - Atualizado 05/04/2020 - 16h53

Por Da TV Press

Cao Hamburger retoma o contato com universo juvenil em Malhação

Divulgação

Cao Hamburger retoma o contato com universo juvenil em Malhação

Cao Hamburger sempre esteve próximo do universo infantojuvenil. Entre seus principais projetos, o autor de 58 anos é bastante lembrado pela criação do clássico seriado Castelo Rá-Tim-Bum, exibido pela TV Cultura entre os anos de 1994 e 1997. Por isso mesmo, a estreia do escritor no mundo das novelas aconteceu de forma natural através de Malhação.
Com o subtítulo de Viva a Diferença, a temporada assinada por Hamburger, que foi ao ar entre os anos de 2017 e 2018, voltará a ser exibida a partir da próxima segunda, dia 6. Em virtude da paralisação dos Estúdios Globo no Rio de Janeiro por conta das medidas de combate ao novo coronavírus, a reprise irá ocupar a faixa até a estreia da próxima temporada escrita por Priscila Steinman e Márcia Prates. “Espero que os fãs possam relembrar e, os que ainda não viram, conhecer esse trabalho que foi feito por uma equipe muito talentosa e dedicada. Os valores que tratamos nessa novela são os mesmo que o país precisa para superar esse momento tão difícil”, valoriza o autor.
A história de Viva a Diferença gira em torno de cinco protagonistas. A temporada acompanha as dores e delícias da convivência entre as amigas Keyla, Benê, Lica, Ellen e Tina, interpretadas por Gabriela Medvedovski, Daphne Bozaski, Manoela Aliperti, Heslaine Vieira e Ana Hikari, respectivamente. De realidades e universos diferentes, as cinco jovens se conhecem durante o parto do filho de Keyla, que acontece dentro de um vagão paralisado do Metrô, em São Paulo. “Sempre digo que o sucesso de Malhação se deu por dois motivos. O primeiro é que a gente falava de uma amizade, o protagonismo da temporada se tratava dessa relação e não das pessoas em si.
O outro motivo acho que é em função de como os assuntos eram abordados. O Cao é um gênio e ele e a sua equipe sabiam conduzir a trama de forma muito inteligente”, explica Gabriela Medvedovski. A diversidade cruza boa parte do texto de Hamburger. As jovens percorreram escolas distintas e têm experiências variadas na bagagem. “Acredito que a identificação sempre vem através da representatividade. O olhar do Cao, o protagonismo feminino e a seriedade que todos dedicaram em conjunto além de muito amor, fizeram deste um projeto muito especial”, defende Heslaine Vieira.
Pela primeira vez desde a estreia, Malhação foi ambientada na cidade de São Paulo. As gravações da temporada, inclusive, começaram na capital paulista. Entre as locações, estavam o Parque Ibirapuera, o bairro da Liberdade, a Galeria do Rock, o Largo do Paissandu e o metrô, entre outros. Além disso, a novela também contou com uma ostensiva cidade cenográfica. Construída nos Estúdios Globo, a cidade teve mais de 6.620 m² e recebeu cerca de 80% das gravações. “Passeei muito em São Paulo para a gente reproduzir o universo da cidade. O bairro de Vila Mariana tem uma mistura de prédios, vilas, bares, comércio e é um bairro bastante arborizado. Trouxemos vários elementos que identificam São Paulo”, afirma o cenógrafo José Cláudio.
Vencedora do prêmio de melhor série no Emmy Internacional Kids 2018, a temporada de Malhação – Viva a Diferença também servirá de sala de espera para a série As Five, spin-off da história original. A produção, que será lançada no Globoplay e ainda não tem data de estreia definida, contará a trajetória das protagonistas seis anos após o fim da novela. “Apresentamos as mesmas personagens em outro momento de vida, com novo registro de linguagem e interpretação, e abordagem de temas adultos, voltados para o contexto em que elas estão inseridas agora”, adianta Hamburger.

Escrito por:

Da TV Press