Publicado 05/04/2020 - 16h23 - Atualizado 05/04/2020 - 16h23

Por Da Agência Anhanguera

Prefeitura de Atibaia decreta intervenção

Divulgação

Prefeitura de Atibaia decreta intervenção

A Prefeitura da Estância de Atibaia decretou a intervenção na concessionária de ônibus Sou Atibaia, pertencente a empresa Sancetur da família Chedid. Em nota divulgada, neste domingo, no Facebook, a prefeitura tomou conhecimento no início desta manhã, que a empresa de ônibus SOU Atibaia, estaria retirando da cidade parte da frota de veículos, almoxarifado, equipamentos e materiais de escritórios, da sua garagem localizada na Avenida São João, na madrugada de sábado para domingo.
Neste momento, representantes da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, estão localizados dentro da garagem da empresa Sou Atibaia, para apurar os devidos danos ao município, para garantir o restabelecimento das atividades à população e a assegurar que os funcionários não sejam prejudicados.
Diante da situação, a Prefeitura da Estância de Atibaia, pretende decretar a partir da 0h do dia 6 de abril a intervenção na empresa SOU Atibaia, e que durante este período de quarentena, continuará operando o transporte na cidade de forma reduzida, com as linhas e horários já estipuladas nesse período de quarentena, sem prejuízo das atividades. A Prefeitura também cuidará das relações trabalhistas e não deixará que a empresa retire mais carros da cidade.
No dia 23 de março, a empresa de transporte público SOU Atibaia passou a operar com horários reduzidos nos itinerários. A redução da circulação da frota foi uma medida necessária a ser adotada para a contenção do Coronavírus.
Segundo a nota, a Prefeitura da Estância de Atibaia está tomando todas as medidas legais e judiciais para assumir o controle operacional da empresa, executar a rescisão do contrato de concessão do serviço de transporte público e restabelecer a operação na cidade. O Prefeito de Atibaia, Saulo Pedroso, que testou positivo para coronavírus, mas em novo exame apresentado já disse que está curado, fará um pronunciamento sobre o assunto às 16h nas redes sociais.
Em uma live feita hoje pela manhã, o vereador Júlio César Mendes comentou sobre a atitude dos donos da empresa SOU Atibaia em retirar parte dos ônibus de sua garagem que eram usados no transporte público da cidade, sem o conhecimento da Prefeitura. De acordo com o vereador, devido ao grande número de reclamações e o péssimo atendimento prestado pela empresa, a prefeitura faria uma intervenção no transporte público de Atibaia e pedir a recisão do contrato, assumindo o controle operacional da empresa. Ao saberem disso, os donos da empresa resolveram por conta própria retirar e levar embora a maior parte da frota que estava na garagem, nesta madrugada. Mendes, revelou que cerca de 30 veículos ainda permaneceram e poderão ser utilizados pela prefeitura para manter parte do transporte público em operação.
O outro lado
A Sou Atibaia já havia publicado na sexta-feira, 3, em suas redes sociais também um nota falando sobre o transporte no município. Confira a nota na íntegra:
Nota de esclarecimento
Atibaia, 03 de abril de 2020
A Sancetur - Sou Atibaia informa a todos os usuários do sistema que o serviço público de transporte coletivo no município de Atibaia está garantido neste período de pandemia do Covid-19. Nos últimos dias todos fomos surpreendidos pelos devastadores efeitos da pandemia causado pelo Covid-19. Em razão da pandemia houve suspensão de diversas atividades econômicas, por ordem ou orientação de todas as esferas do Governo do Brasil. Pela suspensão das atividades econômicas e pela orientação dos Governos para que as pessoas fiquem em casa pelo receio da proliferação do contágio do Covid-19, a quantidade de usuários do sistema público de transporte coletivo despencou para menos de 10% e a empresa tem que tomar suas medidas de redução de gastos para continuar existindo e prestando serviço, bem como tentando manter o emprego de nossos colaboradores. Também estamos aproveitando o período para conferir manutenção preventiva em toda frota. Somente para ilustrar, hoje estamos carregando 3.100 passageiros por dia, quando o normal seria transportar 37.000 passageiros por dia. ESTAMOS ALOCANDO 30% DA FROTA PARA TRANSPORTAR MENOS DE 10% DOS USUÁRIOS. Estamos seguindo orientações das autoridades para garantir o transporte no período de isolamento social, na medida das possibilidades econômicas em tratativas com a Prefeitura. A frota que está alocada está dando pleno atendimento à população. Evidente que, na medida de que os usuários forem retornando ao sistema haverá um proporcional aumento da frota em operação. Temos compromisso de, durante esse período de crise da saúde, na medida do possível, prestar serviço público à população de Atibaia e das várias outras em que prestamos serviços, mesmo sofrendo com as inúmeras dificuldades financeiras decorrentes da queda de receita.

Escrito por:

Da Agência Anhanguera