Publicado 06/04/2020 - 17h06 - Atualizado 06/04/2020 - 17h06

Por AFP


O governo italiano decidiu na segunda-feira desbloquear EUR 400 bilhões para injetar liquidez nas empresas para ajudá-las a lidar com a pandemia de coronavírus.

"Com o decreto aprovado, damos liquidez imediata de 400 bilhões de euros a nossas empresas, pequenas, médias ou grandes: 200 bilhões para o mercado interno e outros 200 bilhões para apoiar as exportações", anunciou o primeiro-ministro Giuseppe Conte, em uma coletiva de imprensa.

"Com este decreto, realizamos uma intervenção sem precedentes", destacou o ministro da Economia, Roberto Gualtieri.

O governo vai desbloquear "200 bilhões de euros de garantia pública para empréstimos, no nível de 90%, para empresas de todos os tipos", uma garantia que pode atingir até 25% do volume de negócios ou dobrar o custo da equipe.

"As garantias serão entregues por meio de um sistema muito simples e direto ao sistema bancário, através da empresa Sace", uma empresa do Fundo Depositário, acrescentou, com várias condições, como a proibição de distribuição de dividendos.

A isso serão adicionados 200 bilhões de euros de garantias, também através da Sace, para apoiar as exportações.

cco/ljm/af/jvb/cc

Escrito por:

AFP