Publicado 27/03/2020 - 12h31 - Atualizado 27/03/2020 - 12h47

Por France Press

Bob Dylan

Reprodução

Bob Dylan

Bob Dylan surpreendeu os fãs nesta sexta-feira ao lançar sua primeira canção inédita em oito anos, uma balada de 17 minutos sobre o assassinato de John F. Kennedy.
"Murder Most Foul" relata a história do assassinato do presidente americano e descreve a evolução da contracultura nos anos 60.
"Esta é uma canção inédita que gravamos há algum tempo que vocês podem achar interessante. Fiquem seguros, permaneçam atentos e que Deus esteja com vocês", escreveu Dylan em seu site oficial, ao lado de uma foto de Kennedy, que foi assassinado em 1963 em Dallas.
A canção está repleta de nomes e referências da cultura pop, incluindo os Beatles, Charlie Parker, Eagles, Stevie Nicks e o festival de Woodstock.
Esta é a primeira música inédita lançada por Bob Dylan desde seu álbum de 2012 "Tempest". Nos últimos anos, no entanto, ele lançou álbuns de covers.
"Murder Most Foul" também é a primeira canção apresentada pelo artista desde que aceitou, de maneira relutante, o prêmio Nobel de Literatura em 2016, o primeiro compositor agraciado com a honraria.
Aos 78 anos, Dylan mantém uma agenda intensa de turnês, mas teve que cancelar uma série de apresentações previstas para abril no Japão devido à pandemia de coronavírus.
O cantor e compositor espera iniciar uma turnê em junho pela América do Norte.

Escrito por:

France Press