Publicado 26/03/2020 - 21h55 - Atualizado 26/03/2020 - 21h55

Por Estadão Conteúdo


O presidente Jair Bolsonaro disse esperar que "a redução do preço do diesel e da gasolina chegue às bombas (de combustível)". Segundo Bolsonaro, em transmissão ao vivo pela internet, "em 3 meses reduzimos em média 40%" o preço dos combustíveis.

O presidente disse que não irá interferir na política de preços da Petrobras, mas cobra que o presidente da empresa, Roberto Castello Branco, siga o preço internacional. "A gente pode, mas não vai interferir. Vou cobrar do presidente da Petrobras que siga a política de preços. Baixou lá, tem que baixar aqui", disse Bolsonaro. O presidente ainda garantiu: "O Brasil vai crescer".

Escrito por:

Estadão Conteúdo