Publicado 26/03/2020 - 18h47 - Atualizado 26/03/2020 - 18h47

Por AFP


Três franceses e um iraquiano, membros da ONG francesa SOS Cristãos do Oriente, que tinham sido sequestrados em 20 de janeiro em Bagdá, foram libertados, anunciou a Presidência francesa nesta quinta-feira (26).

"A França empregou todos os seus meios para chegar a esta solução", informou em um curto comunicado a Presidência, sem dar mais detalhes.

A SOS Cristãos do Oriente informou na semana passada que não tinha notícias de seus quatro membros desaparecidos, sem mensagem, nem reivindicação.

Os quatro homens, os franceses Antoine Brochon, Julien Dittmar, Alexandre Goodarzy e o iraquiano desapareceram da embaixada francesa, no centro da cidade, segundo a ONG.

Bagdá era naqueles dias cenário de grandes manifestações contra o regime e também contra a presença de tropas estrangeiras em solo iraquiano.

leb/jk/fjb/mm/jz/mvv

Escrito por:

AFP