Publicado 29/02/2020 - 06h00 - Atualizado 28/02/2020 - 11h44

Por Do Correio

Os novos veículos e a guarnição

Reprodução

Os novos veículos e a guarnição

SÃO MAIS 4 VEÍCULOS PARA VIGIAR A CIDADE
Ontem à tarde, a partir das 12 horas, os quatro novos veículos Voks sedan 1970, foram colocados pelo Serviço de Rádio Patrulha, a serviço em nossas ruas. Os carros deixaram o 8.o BP após vistoria e mostra à imprensa pelos Tenentes Luís Rubens e Hélio Urso, além do capitão Nadir de Sousa Teixeira. Êsses veículos ainda não estão dotados de rádio, o que deverá acontecer brevemente, e os milicianos que vão dirigi-los terão que comunicar-se com o Contrôle pelo telefone. O aumento de rádio-patrulhas na cidade vem diminuir um pouco mais a área de cobertura para cada uma delas, possibilitando assim, um mais rápido atendimento ao chamado público. Essas viaturas receberam a numeração respectivamente de 9, 10, 11 e 12 e já possuem a sirene.
 
MAIS ESCOLA PARA A NOSSA CIDADE DE CAMPINAS
Embora Campinas esteja bem situada no setor do ensino, proporcionando a tôdas as crianças em idade escolar grande número de vagas, a Prefeitura Municipal está se preocupando com esse problema que poderá surgir no futuro. Desta forma, o prefeito Orestes Quércia autorizou a publicação de edital para tomada de preços destinada à construção de grupos escolares no Município. De acordo com o edital publicado na edição de ontem do Diário Oficial do Município, vários bairros campineiros serão beneficiados com a construção das novas unidades de ensino que a municipalidade pretende construir. O bairro do Novo Campos Elísios deverá contar com um destes estabelecimentos, e beneficiará à população do Jardim Santa Lúcia, São João, Aerocontinental e vários outros núcleos daquela área.
 
OFENSIVA VIETCONG É VISTA COM EXPECTATIVA NOS EUA
Os Estados Unidos observam uma atitude de expectativa diante da ofensiva comunista, afirmam nos meios diplomáticos. Segundo estes meios os norte-americanos esperam ver se os comunistas avançam mais até a planície de Jarros antes de apoiar um apelo para uma conferência internacional. Se as tropas comunistas se limitam a ocupar as posições que tinham antes da ofensiva governamental do Laos de outono, é possível que o governo norte-americano pretenda evitar a intervenção direta da União Soviética no assunto.

Escrito por:

Do Correio