Publicado 19/02/2020 - 06h00 - Atualizado 18/02/2020 - 14h16

Por Do Correio

Um autentico charco de águas insalubres

Reprodução

Um autentico charco de águas insalubres

VEJA O PERIGO, AMEAÇANDO NA VILA NOVA
Centenas de crianças, mulheres e jovens, principalmente escolares, estão expostos a um risco sério e abusivo nas ruas Monsenhor Luiz Moura e Roberto Silveira, na Vila Nova, onde o descaso do Poder Público permitiu que surgisse um foco de animais e insetos daninhos, em meio a um autêntico charco de águas insalubres. O problema é antigo. Os moradores já apelaram, por todos os canais competentes, através dos anos, no sentido de obterem das autoridades, ao menos uma limpeza geral na área compreendida entre as duas vias públicas. Mas a situação, relegada ao esquecimento, vai se agravando a cada dia. Agora, com a chegada do período de aulas, os moradores estão apreensivos quem responderá pela integridade de seus filhos, obrigados a passar por aquele trecho para atingir as escolas?
 
DOPS: CUBA ORIENTA TERROR NA AL
As autoridades do DOPS acreditam que o Govêrno Cubano orienta o terrorismo na América Latina e que subvenciona, mesmo antes da Conferência da OLAS, que resultou na dissidência do PCB, Marighela já recrutava adeptos para a realização de cursos de especialização de guerrilheiros em Cuba. As conclusões das autoridades do DOPS decorrem de depoimento prestado pelo terrorista Athon Filho. Disse ele, em seu interrogatório, que a 31 de maio de 67, antes da dissidência, foi designado por Marighela para estagiar em Cuba, num curso de guerrilha e que partiu em companhia de Virgilio Gomes da Silva.
 
NIXON ANUNCIA AS DIRETRIZES DOS EUA PARA 70
Richard Nixon, trigésimo sétimo presidente norte-americano, tornou público hoje aqui um documento de 119 páginas, sem precedente na história da Casa Branca, que constitui uma profunda analise de todos os grandes problemas internacionais, passados, presentes e futuros. ''É uma obra monumental, a mais completa até agora conseguida por uma administração democrata ou republicana", declarou o presidente Nixon ao entregar esta obra volumosa aos jornalistas. "Nesta obra, acrescentou Nixon, formulamos a política externa dos Estados Unidos para a década de 1979. Ilustra meu julgamento sobre nossa posição atual no mundo e o que deverá ser no decenio que acaba de começar".

Escrito por:

Do Correio