Publicado 21/02/2020 - 22h11 - Atualizado 21/02/2020 - 22h11

Por AFP


A exclusão do Manchester City das competições europeias, que no momento permite que o quinto colocado da Premier League dispute a Liga dos Campeões, relançou o suspense na corrida pela vaga da próxima edição da maior competição europeia de clubes, com duelos diretos neste fim de semana pela 27ª rodada.

Com um dérbi de Londres, Chelsea-Tottenham para abrir a rodada no sábado, e um Leicester-Manchester City horas depois, quatro dos cinco primeiros da tabela se enfrentam.

O derby da capital, entre os "Blues" (4º) e os "Spurs" (5º), separado apenas por um ponto, é especialmente imprevisível.

Com três vitórias consecutivas na Premier League, o Tottenham de Mourinho teve sua ascensão interrompida esta semana ao perder em casa nas oitavas por 1 a 0 para o Leipzig.

Mas, mesmo assim, chega ao duelo com a moral mais elevada do que a do Chelsea que conquistou apenas dois pontos nas últimas quatro rodadas.

A lesão do sul-coreano Son Heung-min, que se junta às de Harry Kane e Moussa Sissoko, enfraquece a equipe de Mourinho.

Além disso, nesta temporada o Tottenham tem falhado em momentos cruciais. No primeiro turno, no dia 22 de dezembro, perdeu por 2 a 0 quando tiveram a oportunidade de ultrapassar o Chelsea na tabela.

Para os jogadores comandados por Frank Lampard é importante quebrar a fase ruim antes de receber o Bayern de Munique na terça-feira pela Liga dos Campeões.

As duas equipes devem ficar de olho para os que estão vindo trás, pois até o Burnley, 11º com 34 pontos, está na luta por posições que classificam para a Champions.

A partida entre o City e o Leicester terá menos em jogo, embora ainda seja um duelo no topo da tabela do Campeonato Inglês.

Por um lado, o time de Pep Guardiola seguirá em segundo, atrás do Liverpool, aconteça o que acontecer, já que tem quatro pontos de vantagem sobre os "Foxes".

Mas também devido à sanção infligida pela Uefa ao City por violar as regras do fair-play financeiro, o que torna sua classificação à Premier sem importância, enquanto aguarda o resultado do recurso que os Citizens anunciaram que apresentariam.

Apesar da iminência do duelo em Santiago Bernabéu contra o Real Madrid, parece improvável que o atual campeão deixe de lado a competição nacional.

O líder Liverpool receberá o desesperado West Ham (18º) na segunda-feira, e deve ficar sem o capitão Jordan Henderson, fora de combate por três semanas devido a um problema na coxa.

Escrito por:

AFP